Ascom SFI

Ascom SFI

Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal de São Francisco do Itabapoana.
Responsável: Diego Gomes Santos

No próximo dia 18, a partir das 9h, a Prefeitura de São Francisco de Itabapoana (SFI) promoverá o 1º Encontro Municipal dos Fazedores de Cultura. Realizado na Câmara Municipal pela Secretaria Municipal de Educação e Cultura (SMEC), o evento visa cadastrar os artistas e espaços culturais locais. 

 
“Através deste cadastro, que já vem acontecendo nacionalmente, vamos viabilizar a aplicação da Lei Aldir Blanc, que prevê o pagamento de auxílio financeiro aos profissionais da área e os espaços responsáveis por manifestações artísticas que foram obrigados a suspender os trabalhos durante a pandemia do novo coronavírus (Covid-19)”, informou a prefeita Francimara Barbosa Lemos. 
 
O diretor do Departamento de Cultura (DPAC), Carlos Salvador Júnior, explicou que o cadastramento vai resultar em um mapeamento cultural local, instrumento importante para a construção de políticas públicas de cultura. Segundo ele, através deste processo, será gerado o Mapa Cultural de SFI, que é um levantamento colaborativo que permite a gestores, agentes culturais e a todos os cidadãos, conhecer, compartilhar e participar da produção cultural do município.
 
Conforme explicação do secretário municipal de Educação e Cultura, Robson Santana, podem ser cadastrados espaços artísticos e culturais, instituições e organizações culturais comunitárias, profissionais de arte e cultura sediados, residentes e domiciliados no município. São considerados espaços culturais aptos ao cadastro os seguintes: teatros independentes, espaços e grupos folclóricos de cultura popular, música, dança, capoeira, artes, circos, centros culturais, museus comunitários, espaços de comunidades indígenas ou quilombolas, festas populares, artesãos entre outros.
 
O evento contará com a presença de assessores da Secretaria Estadual de Cultura e Economia Criativa e a equipe do DPAC.

São Francisco de Itabapoana (SFI) foi informado, através da Secretaria Estadual de Saúde (SES), que mais quatro moradores infectados com a Covid-19 tiveram a confirmação para a variante delta (B1.616.2). Nenhum dos casos apresentou gravidade e todos os pacientes realizaram tratamento para a doença sem necessidade de internação. No total, são nove registros da variante no município. 

O médico coordenador do Centro de Tratamento Covid-19 de SFI, David Matos, reforçou que os profissionais de saúde estão atentos aos casos suspeitos relacionados à variante delta.
“Temos alguns sintomas diferenciados em relação às cepas anteriores. Basicamente, os da variante delta mais comuns são dor de cabeça, febre baixa e tosse, além da perda de olfato e paladar, estes com menos frequência. Apesar de não termos ainda registros de casos graves no município, é preciso atenção, pois a infecção por esta variante é silenciosa e pode evoluir com gravidade mais rapidamente”.
 
A coordenadora de Vigilância Epidemiológica de SFI, enfermeira Rachel Gonçalves, ressaltou que quando o município recebe a informação de confirmação de casos da variante delta, a equipe da Secretaria de Saúde realiza o monitoramento, principalmente nos familiares e pessoas que mantiveram contado com os pacientes infectados.
 
Dos nove registros de pacientes com a nova variante no município, apenas em um deles, o paciente, um idoso de 64 anos, permaneceu por sete dias internado, tendo posteriormente recebido alta.

São Francisco de Itabapoana (SFI) participou do lançamento do Pacto Social RJ, realizado na segunda-feira (30), no Salão Nobre do Palácio Guanabara, na cidade do Rio de Janeiro. Durante o evento, o governador Cláudio Castro antecipou o financiamento compartilhado das políticas de assistência social entre governo e municípios, repassando de uma única vez R$ 16 milhões do Fundo Estadual de Assistência Social (Feas) aos Fundos Municipais de Assistência Social (FMAS), totalizando R$ 32 milhões em todo o ano de 2021.

 
“Este dispositivo vem em um momento muito oportuno, pois as pessoas têm enfrentado grandes dificuldades para superar a crise provocada pela pandemia, e os municípios, ente federativo mais próximo do cidadão, podem preparar políticas públicas mais específicas com o perfil social de sua população, e isso é fantástico”, ressaltou o secretário municipal de Trabalho e Desenvolvimento Humano, Fagner Azeredo, acrescentando:
 
“Agradeço ao governador Cláudio Castro e ao secretário estadual de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, Matheus Quintal, por tomarem esta iniciativa tão assertiva em favor dos cidadãos do Estado do Rio de Janeiro. Agradeço também à prefeita Francimara, que tive a honra de representar, por estar atenta às oportunidades e designar, sempre com sabedoria, sua equipe para que o nosso município não deixe de ganhar nenhum benefício”, destacou Azeredo, que estava acompanhado da presidente do Conselho Municipal de Assistência Social (CMAS), Nágila Coutinho, que também é assessora técnica do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas).
 
Cláudio Castro revelou que com a antecipação do repasse, “o governo estadual reconhece a prioridade do financiamento dos serviços socioassistenciais, tão necessários diante do agravamento da situação de vulnerabilidade da população durante a pandemia da Covid-19”. O governador anunciou ainda que o Estado vai garantir o pagamento dos valores inscritos em restos a pagar relativos aos últimos cinco anos de exercícios dos municípios, desde que apresentem um plano de ação para a aplicação dos recursos.
 

 

São Francisco de Itabapoana (SFI) receberá técnicos da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), que é vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). A visita ocorrerá nos dias 21 e 22 de setembro, quando serão apresentados programas da empresa à Secretaria Municipal de Agricultura.
 
“Vamos conhecer o Programa Barragem Subterrânea, que permite armazenamento da água de chuva contribuindo para minimizar os riscos da agricultura e da pecuária durante os períodos de seca, além do Laboratório Móvel de Análise de Fertilidade dos Solos, que permite ao agricultor uma análise completa da terra, facilitando a recomposição necessária de adubação”, explicou o secretário da pasta, Enaldo Barreto, acrescentando:
 
“Faremos uma visita à localidade de Nova Belém (antiga Carrapato) para que os técnicos da Embrapa conheçam o projeto de aquaponia (sistema de cultivo que conecta a aquacultura e a hidroponia) do empreendedor Manuel Girão. Ao mesmo tempo, iremos conhecer o Tomatec, sistema de produção desenvolvido pela Embrapa Solos, através do melhoramento do cultivo do tomate”.
 
A prefeita Francimara Barbosa Lemos destacou o apoio tecnológico que a Secretaria de Agricultura tem buscado para aprimorar ainda mais o agronegócio no município. “Além de investirmos na infraestrutura, estamos possibilitando que os nossos agricultores tenham acesso a mais conhecimento, possibilitando melhorar a produção no campo e, consequentemente, aumentar a rentabilidade, além de gerar novos postos para o trabalhador rural”, ressaltou.       
 

Representantes dos comércios do 1º Festival de Peixes e Frutos do Mar de São Francisco de Itabapoana (SFI) se reuniram com o vice-prefeito Raliston Souza nesta segunda-feira (30), na sala de reuniões da prefeitura. O encontro definiu os últimos detalhes do evento, que acontecerá entre os próximos dias 3 e 7.

A principal novidade é o desconto para clientes que apresentarem comprovante de vacinação contra o novo coronavírus (Covid-19). O benefício será concedido exclusivamente nos pratos promocionais de cada estabelecimento, cujos valores variam entre R$ 20 e R$ 80.

“Além de promovermos nosso turismo, nossa pesca e gastronomia, vamos destacar a importância da vacina para superarmos a pandemia. Eu e a prefeita Francimara Barbosa Lemos contamos com a participação de todos”, afirmou Raliston.

Foi apresentada aos presentes toda a estrutura de divulgação desenvolvida pela prefeitura através da Assessoria de Comunicação (Ascom SFI), como é o caso dos panfletos que serão distribuídos no portal da cidade na sexta-feira (3) e no sábado (4). O material trará todo o cardápio do festival, promovido por intermédio das secretarias municipais de Pesca e de Turismo, Indústria e Comércio (SecTur) em parceria com a Fundação Instituto da Pesca do Estado do Rio de Janeiro (Fiperj). Além disso, um banner será instalado na fachada de cada um dos estabelecimentos participantes para identificar que eles compõem o festival. 

O encontro contou ainda com a participação do secretário municipal de Saúde, Sebastião Campista, e a subsecretária municipal de Saúde, Thayna Rissa. Ambos reafirmaram a necessidade de cumprir as regras de prevenção à Covid-19, como uso de máscara, distanciamento entre mesas e disponibilização de álcool em gel.

Moradores de São Francisco de Itabapoana (SFI) que receberam a primeira dose da vacina contra o novo coronavírus (Covid-19) no mutirão de 12 de junho devem comparecer no Ginásio Florecilda Cerqueira Azevedo, na localidade de Volta Redonda, no próximo sábado (4) para segunda dose.

A prefeita Francimara Barbosa Lemos destacou que a eficácia completa do imunizante depende da segunda dose. “Desta forma, ressalto a importância do comparecimento de todos entre 9h e 16h. A vacina é o único meio comprovado pela ciência para controle efetivo da pandemia“, afirmou.

Para o secretário municipal de Saúde, Sebastião Campista, o processo de imunização segue avançando. Ele lembrou que, no último sábado (28), 1.765 pessoas foram imunizadas com a primeira dose.
“Alcançamos a marca de 83,20% da população adulta com uma dose. Já com segunda dose ou dose única, são 31,76%, índice que vai aumentar com o mutirão”, afirmou.

Campista pontuou que será necessário apresentar um documento original com foto, além do comprovante de vacinação. Em caso de perda deste, o morador deve comparecer na unidade de saúde mais próxima para solicitar a segunda via.

Primeira dose — Atualmente, SFI imuniza moradores a partir de 20 anos. Basta realizar o agendamento na Clínica da Família Germano Barros Delgado, na área central, ou nos polos de Estratégia Saúde da Família (ESF) de Barra do Itabapoana, Travessão de Barra, Bom Lugar, Praça João Pessoa, Guaxindiba, Gargaú, Imburi e Floresta. É necessário apresentar comprovante de residência, Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) e o cartão do Sistema Único de Saúde (SUS).

De acordo com dados divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de São Francisco de Itabapoana na manhã desta segunda-feira (30), o município conta com 3.196 casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19). Em investigação são 879. Já os descartados somam 5.508.

Ainda segundo os dados da SMS, entre os casos confirmados, 3.051 estão recuperados. Até o momento foram registrados 95 óbitos pela doença. Um óbito está sendo investigado. 

Outra taxa informada pela SMS é a de ocupação. Dos 20 leitos clínicos, um está ocupado. Já os leitos com suporte de ventilação não registram ocupação.

Atualmente, SFI está com taxa de recuperação em 95,46%, superior a média nacional (94,80%). Já a taxa de letalidade está em 2,97%, enquanto que a do Estado do Rio de Janeiro é de 5,53%.

Conforme atualização da Secretaria de Estado de Saúde (SES), o Norte Fluminense está no risco baixo no Mapa de Risco da Covid-19.

Os materiais para análise dos casos suspeitos são encaminhados ao Laboratório Central (LACEN/RJ), seguindo rigorosamente os protocolos de coleta, armazenamento e envio do Ministério da Saúde.

A prefeita de São Francisco de Itabapoana (SFI), Francimara Barbosa Lemos, prestigiou a Assembleia Geral Ordinária do Consórcio Público Intermunicipal de Desenvolvimento do Norte e Noroeste Fluminense (Cidennf). O evento aconteceu nesta sexta-feira (27), no Centro Cultural Sobradinho, no município de Quissamã, e além da prefeita anfitriã, Fátima Pacheco, que é presidente do Cidennf, contou ainda com a presença de prefeitos e representantes dos municípios que integram o Consórcio.

Durante a assembleia, SFI foi eleito para participar do Conselho Fiscal do Consórcio, sendo representado pelo secretário municipal de Controle Interno, Fabiano Pessanha Rangel (titular), e o assessor de Gabinete Aldo Gomes Azevedo Junior (suplente), que estavam presentes à reunião. As demais cidades que completam o novo Conselho são Cardoso Moreira, Italva e Quissamã.
 
“Só temos a agradecer pela confiança de fazer parte do Conselho Fiscal do Cidennf. Tenho certeza de que os nossos representantes demonstrarão toda a competência para acompanhar e proporcionar o melhor desempenho do Consórcio“, ressaltou a prefeita Francimara, ao lado do marido e ex-prefeito Frederico Barbosa Lemos e da secretária particular, Joana Ramos. 
 
A assembleia oficializou a adesão do município de Carapebus ao Cidennf, representado pelo prefeito Leandro Drumond. O prefeito de Macaé, Welberth Rezende, que também participou do encontro, manifestou interesse em integrar o Consórcio, a exemplo das cidades de Cambuci, Itaocara, Itaperuna e Porciúncula. 
 
O secretário-executivo do Cidennf, Vinicius Viana, anunciou que o Consórcio obteve junto ao Ministério da Agricultura o Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Sisbi). Ele destacou que das 40 vagas disponíveis em todo o país, no Estado do Rio de Janeiro, apenas o Cideenf conseguiu ser contemplado. 
 
A prefeita Fátima classificou a reunião “muito produtiva com a presença maciça dos municípios. Damos as boas-vindas a Carapebus que com certeza vai agregar conhecimento e força nas pautas, assim como Macaé que já enviou à Câmara o projeto. O Cidennf traz a institucionalização dessa parceria regionalizada dos municípios do Norte e Noroeste Fluminense. Hoje somos um bloco, em forma de Consórcio, o que nos permite avançar de forma conjunta”.
 
Participaram ainda do evento a prefeita de Cardoso Moreira, Geane Vincler; os prefeitos de São Fidélis, Amarildo Alcântara, e de Italva, Leonardo Orato (Léo Pelanca); o procurador-geral de Campos dos Goytacazes, Roberto Lanes, representando o prefeito Wladimir Garotinho; além da chefe de Gabinete de Bom Jesus do Itabapoana, Raquel Correia, representando o prefeito Paulo Sérgio Cyrillo.
 
 

O secretário municipal de Educação e Cultura de São Francisco de Itabapoana (SFI), Robson Santana, participou nesta sexta-feira (27) de dois compromissos no Rio de Janeiro com o objetivo de fomentar a cultura são franciscana.

 Acompanhado do diretor do Departamento de Cultura (Dpac) Carlos Salvador, e do assessor, Carlos Júnior, Robson participou do lançamento do “Pacto Cultural”, conjunto de editais para promover o aporte de R$ 75 milhões em diversos segmentos da cultura de todos os municípios fluminenses. O ato aconteceu no Teatro João Caetano. 
 
“Os editais serão publicados pelo Governo do Estado na segunda-feira (30). Desde já colocamos o Dpac à disposição dos fazedores de cultura do nosso município para auxílio na elaboração dos projetos. Um dos pedidos da prefeita Francimara Barbosa Lemos é que esse setor seja cada vez mais valorizado”, afirmou o secretário.
 
Já durante a tarde, os representantes da Secretaria Municipal de Educação e Cultura (Smec) se reuniram com a secretária de Estado de Cultura e Economia Criativa, Danielle Barros, e a assessoria técnica do Instituto Estadual do Patrimônio Cultural (Inepac).
 
O diretor do Dpac explicou que o encontro marcou o início das tratativas para tombamento do Barracão de Gargaú e do tombamento natural das falésias da praia de Lagoa Doce e da foz do rio Itabapoana. “Também ficou acertado que a Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa (SECEC) enviará técnicos a SFI para a promoção de curso sobre educação patrimonial. A aprendizagem será direcionada a professores do Ensino Fundamental”, explicou.
 
 

A Secretaria Municipal de Meio (Sema) de São Francisco de Itabapoana (SFI) resgatou um tamanduá-colete (Tamandua tetradactyla). A ação aconteceu na quinta-feira (26). O animal estava no quintal de uma residência, na localidade de Barra do Itabapoana.

 
“O morador acionou os agentes da Guarda Ambiental (GAM) por telefone, que resgataram o mamífero, com o auxílio de fiscais da Sema. O tamanduá-colete foi solto nas imediações da Estação Ecológica Estadual de Guaxindiba“, revelou a secretária da pasta, Luciana Soffiati. 
 
O subsecretário da Sema, Manoel Mendes, lembrou que "para solicitar a captura de animais silvestres em SFI, os moradores devem ligar para a GAM através do telefone (22) 9.8161-6713. O serviço funciona durante todos os dias da semana, 24h por dia”.
 
Características - O tamanduá-colete mede entre 87 e 110 cm e pode pesar até sete quilos. Assim como todos os tamanduás, não possui dentes, se alimentando de cupins, formigas, abelhas e mel. A espécie é encontrada em todo o Brasil, principalmente Floresta Amazônica, Mata Atlântica, Caatinga e Savanas, como o Cerrado, por exemplo.