Ascom SFI

Ascom SFI

Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal de São Francisco do Itabapoana.
Responsável: Diego Gomes Santos

A praça da praia de Manguinhos, em São Francisco de Itabapoana (SFI), será revitalizada. A ordem de serviço para início das obras foi assinada pela prefeita Francimara Barbosa Lemos na última sexta-feira (11).

Orçada em R$ 91.530,43, a construção tem prazo de conclusão de 90 dias. “Com muita alegria e satisfação, tenho a oportunidade de reformar e ampliar o cartão postal desta praia, pela qual sou apaixonada”, afirmou a prefeita, que apresentou aos moradores imagens do projeto. Ela estava acompanhada de secretários, assessores e vereadores.

Destacando o potencial turístico de Manguinhos, o secretário municipal de Planejamento e Desenvolvimento, Florentino Cerqueira, afirmou que a obra integra o projeto de construção e reforma de praças em diversas localidades.

Para o vice-presidente da Câmara Municipal, vereador Alexandre Barrão, “a comunidade ganhará uma praça decente, após ficar abandonada por anos”. Ele, que foi o autor da indicação do projeto, afirmou: “Tenho muito orgulho de apoiar este governo. Eu vejo para onde vai o dinheiro público. A prefeita Francimara desenvolve uma administração incrível, com responsabilidade e por meio da união dos poderes Legislativo e Executivo. Só quem ganha é o povo”, disse, lembrando que, a partir das atividades desenvolvidas na programação do “Verão da Família”, a praia ganhou duas quadras de areia, onde “durante todos os finais de semana é possível ver crianças praticando esportes”.

Na opinião do ex-prefeito de SFI, Frederico Barbosa Lemos “diversos passos rumo ao progresso do município foram dados nas últimas semanas”, com o início de diversas obras e ações. “É saúde, educação, esporte e lazer para o nosso cidadão. É cuidar cada vez mais da vida das pessoas”, pontuou.

Já o vice-prefeito Raliston Souza revelou seu “orgulho de participar desta gestão, que trabalha de verdade”. “Estamos dentro da comunidade, participando do dia a dia, observando as necessidades e nos empenhando para solucionar as demandas”, finalizou.

Mais investimentos — Na ocasião, a prefeita Francimara informou que ainda em março, assinará mais duas ordens de serviço importantes no setor de infraestrutura: pavimentação nas localidades de Travessão de Barra e Praça João Pessoa.

Profissionais de 17 escolas da rede municipal de ensino de São Francisco de Itabapoana (SFI) participam ao longo do mês de março do projeto Formação, Arte e Sustentabilidade nas Escolas (Fases), uma iniciativa da concessionária de energia elétrica Enel Rio e da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro, através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura. 
 
Por meio de atividades on-line e presenciais, distribuição de livros temáticos para professores e circulação de espetáculo teatral nas escolas, o projeto visa fortalecer a cultura, o meio ambiente e a acessibilidade no ambiente escolar. 
 
“Com muita satisfação, nosso município foi um dos 51 contemplados. Certamente este aprendizado irá contribuir para o aprimoramento das atividades desenvolvidas pelo professores no decorrer do ano letivo”, afirmou o secretário municipal de Educação e Cultura, Robson Santana.
 
O projeto Fases foi lançado na última segunda-feira (7) na Biblioteca Parque Estadual, na capital fluminense. O município foi representado pelo coordenador do Departamento de Cultura, Carlos Júnior, e pelo bibliotecário Cristiano Judá.
 
A primeira semana de aulas presenciais na rede municipal de ensino de São Francisco de Itabapoana (SFI) do Ano Letivo 2022 teve boa adesão, segundo avaliação do secretário de Educação e Cultura, Robson Santana. O retorno, depois de dois anos de salas de aulas vazias devido à pandemia do novo coronavírus (Covid-19), ocorreu na quarta-feira (9), tendo neste dia a prefeita Francimara Barbosa Lemos inaugurado as obras de reforma e ampliação da Escola Municipal Júlio Pereira de Miranda, na localidade de Bom Jardim.
 
“Neste primeiro momento, estamos promovendo o acolhimento dos nossos alunos realizando roda de conversa. Falamos a respeito dos projetos da SMEC previstos em relação à Educação e à Cultura. Nas creches tivemos uma adesão menor. São quase nove mil alunos matriculados na rede e acredito que já na semana que vem devemos ter o comparecimento de todos nas salas de aula”, disse otimista Santana. 
 
O secretário agradeceu o apoio da prefeita Francimara nos investimentos promovidos pelo município na área da Educação. “Tivemos o nosso pedido prontamente atendido e estamos doando aos alunos kits de higiene pessoal compostos de máscara de proteção facial e álcool em gel, além da mochila, uniforme escolar e material didático. Até o final do mês a distribuição deverá ser concluída”, ressaltou.
 
A prefeita Francimara solicitou que os alunos tenham determinação, a fim de que possam aprender todo o conteúdo que será ensinado pelos professores da SMEC. “Vamos avançar ainda mais na Educação e para que isso aconteça, além da dedicação dos educadores, é preciso que os estudantes façam a sua parte e eu tenho certeza de que podemos contar com os nossos alunos”, destacou.
 
Santana revelou que houve um levantamento para mapear o estado de conservação das unidades escolares da rede e que a partir deste diagnóstico, as escolas serão reformadas. 
 
“Em breve, a prefeita irá inaugurar a extensão da creche de Gargaú, que vai funcionar no antigo Posto de Saúde. O município reformou o prédio todo ampliando o espaço para atender melhor os moradores. A SMEC pretende dar continuidade a este tipo de trabalho durante o ano todo”, finalizou o secretário. 
 
 
 
 
A prefeita de São Francisco de Itabapoana (SFI), Francimara Barbosa Lemos, ao lado do vice-prefeito Raliston Souza, assinou a Ordem de Serviço para a reforma da Unidade Básica de Saúde (UBS) de Imburi. A obra, que vai gerar 20 empregos, está orçada em R$ 123.751,98, com previsão de ser concluída em seis meses. A ação aconteceu na quinta-feira (10), ocasião em que a prefeita também entregou um carro 0 km para transportar a equipe da UBS.
 
“Hoje (10), tive a oportunidade de rever vários amigos durante a assinatura da ordem de serviço autorizando a reforma da UBS de Imburi, objetivando atender melhor os moradores com uma saúde digna e um ambiente de trabalho com mais conforto para os funcionários. O carro 0 km vai transportar a equipe da unidade, que atende não apenas os pacientes de Imburi, mas de diversas localidades vizinhas. E em breve teremos mais uma grande novidade. Já temos as bases do Resgate Municipal em Barra do Itabapoana, no Centro e Gargaú, mas devido à dimensão da nossa cidade, vamos inaugurar uma Base do Resgate também em Imburi para atender moradores desta região”, revelou a prefeita. 
Em seu discurso, o secretário municipal de Saúde, Sebastião Campista, ressaltou a necessidade da reforma da UBS, que já estava apresentando problemas estruturais. “A Secretaria Municipal de Planejamento e Desenvolvimento realizou todo o estudo para definir as intervenções que serão realizadas. Com relação ao veículo de transporte da equipe, vai ajudar muito. Temos 11 polos ESF, sendo que três deles já receberam um carro, e o compromisso da prefeita é até o final do ano entregar em cada um deles um veículo”.
 
Estiveram presentes ainda à solenidade secretários, subsecretários, chefes de departamentos e assessores da prefeitura, além dos vereadores Cocóia, presidente da Câmara Municipal, Milsinho Mota, líder do Governo no Legislativo, Alexandre Barrão, Aroldo Leandro, Eleno, Fauazi Cherene, Flor de Guaxindiba, Isaac Salvador, Mazinho de Caboclo e Renato Roxinho.
 

A reunião mensal do Conselho de Secretários Municipais de Meio Ambiente (CONSEMMA) aconteceu na última terça-feira (8) em Conceição de Macabu. A secretária municipal de Meio Ambiente de São Francisco de Itabapoana (SFI), Luciana Soffiati, participou e destacou a importância das ações em conjunto com a Unidade de Policiamento Ambiental (Upam).

Durante a palestra, o subtenente Alves citou as operações realizadas em parceria com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Sema). Ele comanda a Upam de Santa Maria Madalena, que atende SFI e mais 25 municípios.

O encontro, que reuniu representantes de 18 cidades do Norte e Noroeste fluminenses, contou ainda com palestra com a geóloga Telma Velloso, que aborda a inserção da igualdade de gênero nas questões ambientais, como o fortalecimento dos municípios no contexto dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

“Além de ser uma oportunidade de unirmos forças para encaminhar demandas e necessidades ao Governo do Estado, é um momento de troca de ideias e experiências. Um exemplo é a cooperação mútua entre SFI e Cardoso Moreira sobre coleta seletiva”, afirmou Luciana.

Por ter sido realizada no Dia Internacional da Mulher, a mesa diretiva da reunião contou exclusivamente com componentes do sexo feminino. Houve ainda um café especial.

Agentes da Guarda Civil Municipal (GCM) e da Defesa Civil, órgãos subordinados à Segurança, Ordem Pública e Defesa Civil (Sesep) de São Francisco de Itabapoana (SFI), ajudaram a apagar o fogo em uma carvoaria, na localidade de Batelão de Barra. A ação ocorreu na quarta-feira (9) e apesar do grande susto, houve apenas danos materiais, já que ninguém saiu ferido ou intoxicado com a fumaça. As causas do incêndio não foram divulgadas.

“Tomamos conhecimento do fato através do secretário de Segurança, subtenente Edson Brito, que além da GCM, acionou ainda a Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros”, informou o comandante da GCM, Robson Henriques.

O subtenente Brito, juntamente com as equipes da GCM e da Defesa Civil, se dirigiram para Batelão, a fim de dar apoio até a chegada dos Bombeiros, que estavam a caminho.

“Chegando lá, encontramos dois caminhões-pipa da concessionária Águas do Rio e alguns populares, que iniciaram o combate ao fogo. Através de um trabalho conjunto, conseguimos controlar boa parte do incêndio. A Secretaria Municipal de Transporte colocou à disposição um caminhão-pipa, mas não houve necessidade de ser utilizado. Quando os Bombeiros chegaram, apagaram alguns focos de fogo e realizaram o serviço de rescaldo”, ressaltou Henriques.

 

O Balcão de Emprego de São Francisco de Itabapoana (SFI), órgão vinculado à Secretaria Municipal de Trabalho e Desenvolvimento Humano (SMTDH), está com duas vagas disponíveis: padeiro e açougueiro. As oportunidades são para trabalhar no Centro da cidade.

Os interessados devem enviar currículo para o e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou entregá-lo na sede da SMTDH, que agora está em novo endereço, na Avenida Vereador Edenites da Silva Viana, nº 141, no Centro da cidade, na antiga sede da Secretaria Municipal de Educação e Cultura (SMEC), no período das 8h às 17h, de segunda a sexta-feira.

“Temos uma parceria de sucesso com os empresários que dispõem de oportunidades de emprego. Para participar basta procurar a nossa equipe do Balcão que a gente divulga as vagas e ainda recolhe os currículos”, orientou o secretário da pasta, Fagner Azeredo.

A prefeita de São Francisco de Itabapoana (SFI), Francimara Barbosa Lemos, visitou nessa quarta-feira (9) os dois prédios que vão abrigar a Creche Municipal Professora Marly Linhares, em Gargaú. Cerca de 150 alunos serão acomodados com mais conforto. Ambos os locais passaram por reforma.

No prédio localizado próximo a Igreja de São Pedro as aulas retornaram. Além das obras, que englobaram construção de três salas novas e reparos nas instalações hidráulicas e elétricas, o espaço recebeu mobília nova.

Já no outro prédio, que antes abrigava um polo do Programa Saúde da Família (PSF), equipes das secretarias municipais de Educação e Cultura (Smec) e de Obras, Urbanismo e Serviços Públicos realizam os últimos ajustes para o retorno.

“Infelizmente, esta unidade sofreu às consequências das enchentes. Perdemos alguns móveis e a parte estrutural também foi atingida, mas, na segunda-feira (14), tudo estará pronto para os nossos alunos”, explicou a prefeita.

Segundo o secretário municipal de Educação e Cultura, Robson Santana, os dois espaços vão receber crianças desde os quatros meses de idade até cinco anos.

 

No primeiro dia de aulas presenciais na rede municipal de ensino de São Francisco de Itabapoana (SFI), os alunos da Escola Municipal Júlio Pereira de Miranda, na localidade de Bom Jardim, encontraram um ambiente reformado e ampliado. As obras realizadas na unidade foram entregues nessa quarta-feira (9) pela prefeita Francimara Barbosa Lemos.

A obra foi orçada em R$ 322.409,10 e envolveu troca do telhado, do forro e piso, ampliação da cozinha e do refeitório, reparos nas partes elétrica e hidráulica, nova quadra, instalação de pastilhas nas paredes interna e externa e adequação às normas de acessibilidade. Também foi realizada a individualização das salas da Direção e da Secretaria, construção da fossa séptica com sumidouro e recuo do muro da parte de frente da escola para promover o alargamento da calçada, que fica às margens da RJ 224.

“A unidade está nova e bonita. Isso se chama responsabilidade com o dinheiro público e a educação da nossa cidade”, afirmou a prefeita. Francimara destacou ainda a merenda de qualidade e informou que durante o mês de março todos os alunos da rede receberão kit escolar com mochila, material didático e uniforme. Além disso, para prevenção da Covid-19, serão distribuídos frascos de álcool em gel e máscaras descartáveis.

Para o vice-presidente da Câmara Municipal, vereador Alexandre Barão, a “belíssima reforma, que era uma necessidade do local, proporcionará mais conforto para alunos e funcionários”.  

O vice-prefeito Raliston Souza observou que o ano letivo começa com muitos desafios, como a readaptação dos alunos após dois anos sem estarem dentro das salas de aula. “Com uma equipe bem liderada, iremos vencer todos os desafios”, disse. Ele informou que, até o final da semana, todos os funcionários contratados estarão atuando nas escolas e creches.

Após conversar com diversos alunos, o secretário municipal de Educação e Cultura, Robson Santana, evidenciou a avaliação positiva sobre as intervenções realizadas. “Todos aprovaram e estão empolgados. Afinal, não tem nada melhor do que criança na escola”, finalizou.

Representantes de oito municípios do Norte Fluminense estiveram em São Francisco de Itabapoana (SFI) nessa quarta-feira (9) para participar de capacitação sobre o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) Ecológico 2022. O evento aconteceu na Câmara Municipal e foi promovido pela Secretaria de Estado do Ambiente e Sustentabilidade (Seas).

Ao longo de todo o dia, os representantes do Governo do Estado esclareceram as novidades na regulamentação do mecanismo tributário para este ano, uma forma de cooperar para que o empenho dos municípios seja aprimorado.

O treinamento começou com a execução do hino nacional, que foi seguida da fala da prefeita Francimara Barbosa Lemos. Como anfitriã, ela deu boas-vindas aos municípios participantes e ressaltou que, pela primeira vez, SFI recebe um evento estadual sobre gestão do meio ambiente. “É de grande valia entendermos melhor esta forma de arrecadação de recursos que contribui para melhorar a vida dos nossos munícipes por meio do cuidado ambiental”, disse. Ela estava acompanhada do vice-prefeito Raliston Souza, além de secretários, assessores e vereadores.

Destacando o suporte da Seas, a secretária municipal de Meio Ambiente, Luciana Soffiati, também ressaltou que, por meio do incentivo, é possível contribuir para a qualidade ambiental e gerar recursos paralelamente.

“Agradeço ao governador Claudio Castro, que conseguiu aproximar a pasta estadual das secretarias municipais. Isso possibilitou que, em 2021, todos os 92 municípios fluminenses pontuassem juntos no ICMS Ecológico, algo inédito”, informou. Ela aproveitou a oportunidade para salientar o empenho e dedicação de sua equipe.

O vereador Renato Roxinho, por sua vez, representou o Poder Legislativo e ressaltou “os bons frutos da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Sema)”.

Sobre o o desempenho da Sema, o superintendente Estadual de Conservação Ambiental, Leandro Gomes, pontuou que 30% de tudo o que SFI arrecadou em 10 anos pelo ICMS Ecológico diz respeito ao ano de 2021. Ele lembrou que o município foi o primeiro a ser visitado quando a atual equipe assumiu a Seas. “Ainda temos muito para evoluir e mudar a cara da gestão ambiental do Estado”, finalizou.

O subsecretário de Estado de Conservação da Biodiversidade e de Mudanças do Clima, Flávio Gonçalves, foi mais uma autoridade a evidenciar o empenho municipal. “Não foi por acaso que SFI foi escolhido para sediar este evento. O trabalho e a dedicação da secretária Luciana contribuíram no momento da escolha”, revelou.

Gonçalves explicou que 45% da forma de pontuar no ICMS Ecológico está relacionada à criação de unidades de conservação (UC).

Além de representantes de Cardoso Moreira, Conceição de Macabu, São João da Barra, Italva, Quissamã, Macaé, Bom Jesus do Itabapoana e Carapebus, também participaram agentes do Instituto Estadual do Ambiente (Inea) e da Unidade de Policiamento Ambiental (Upam) de Santa Maria Madalena.

ICMS Ecológico em SFI — O município conta com um projeto em andamento de uma UC no manguezal de Gargaú, considerado um dos maiores do Estado e com vasta biodiversidade. Outro projeto em tramitação é o que prevê destinar a totalidade dos recursos oriundos do ICMS Ecológico para o Fundo Municipal de Meio Ambiente.

“Além dessas ações, também realizamos a coleta sustentável de óleo de cozinha usado. Desde 2020, foram mais de 4.100 litros descartados corretamente. Tudo isso contribui para o meio ambiente e para a nossa pontuação. Estamos caminhando para avançar ainda mais”, explicou a responsável pela Sema.