Login to your account

Username *
Password *
Remember Me

Create an account

Fields marked with an asterisk (*) are required.
Name *
Username *
Password *
Verify password *
Email *
Verify email *
Captcha *
Reload Captcha
×

Aviso

JFolder: :files: caminho não é um diretório. Caminho: [ROOT]/images/obras

×

Observação

There was a problem rendering your image gallery. Please make sure that the folder you are using in the Simple Image Gallery Pro plugin tags exists and contains valid image files. The plugin could not locate the folder: images/obras

Ascom SFI

Ascom SFI

Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal de São Francisco do Itabapoana.
Responsável: Diego Gomes Santos

Professores da rede municipal de ensino de São Francisco de Itabapoana (SFI) iniciaram nessa quarta-feira (18) uma capacitação em Educação Ambiental. A iniciativa é fruto de uma parceria entre a Secretaria Municipal de Educação e Cultura (Smec) e a empresa Ômega Energia, responsável pelo Parque Eólico de Gargaú.

O curso é ministrado na Câmara Municipal e é direcionado aos professores que atuam com os componentes curriculares Geografia e Ciências.

“A formação pedagógica tem por  finalidade a qualificação dos profissionais para se tornem multiplicadores e agentes de transformação em suas salas de aula de temas ligados à questões socioambientais no âmbito individual e coletivo pontuou o secretário municipal de Educação e Cultura, Robson Santana.

Ele destacou que atualmente, o componente curricular  Educação Ambiental está presente nos anos finais do Ensino Fundamental, sendo  “um instrumento de sensibilização e de conscientização acerca do cuidado com o meio ambiente”.

A prefeita Francimara Barbosa Lemos destacou a importância do estabelecimento de parcerias como essa. Para ela, a formação contribuirá para a construção de uma sociedade sustentável.

O secretário municipal de Administração de São Francisco de Itabapoana (SFI), Erbson Gomes, recebeu na tarde dessa quarta-feira (18) o gerente da agência local dos Correios, Cristian Crut, e o coordenador regional de atendimento, Oswaldo Júnior. Na pauta do encontro, iniciativas para aprimorar a assistência ofertada à população através das 15 Agências de Correios Comunitárias (AGCs).

Atualmente, os servidores públicos que atuam nas AGCs passam por capacitação gratuita de uma semana na agência local. São abordados temas como regras de atendimento e manejo das encomendas.

“Na ocasião recebi o retorno dos representantes dos Correios sobre as visitas que eles fizeram às unidades comunitárias. Com o apoio da instituição, a prefeitura irá implementar algumas mudanças indicadas para melhorar o serviço prestado”, explicou o secretário.

A prefeita de São Francisco de Itabapoana (SFI), Francimara Barbosa Lemos, participou da inauguração simbólica da nova loja da Boutique do Artesanato do Departamento de Geração de Trabalho e Renda (GTR), órgão vinculado à Secretaria Municipal de Trabalho e Desenvolvimento Humano (SMTDH). A ação ocorreu na manhã de terça-feira (17).

A unidade foi transferida do antigo ponto, na entrada do Macuco, para a atual sede da SMTDH, na Avenida Vereador Edenites da Silva Viana, nº 141, no Centro, no prédio onde funcionou a Secretaria Municipal de Educação e Cultura (SMEC).
 
“A perspectiva de vendas agora é bem otimista por causa da localização, já que a visibilidade da loja é muito maior do que no antigo espaço. Os artesãos estão empolgados porque percebem que a possibilidade de comercialização dos produtos aumentou consideravelmente”, revelou o diretor do GTR, Júnior Junqueira. 
 
O secretário da pasta, Fagner Azeredo, que participou da inauguração simbólica, ao lado do subsecretário Luiz César Cerqueira (Sorriso), destacou que atualmente são quase 100 artesãos cadastrados no município, demonstrando a confiança nas ações implementadas no atual Governo em benefício da categoria.
 
Já Francimara lembrou que além desta nova loja, SFI tem ainda a segunda unidade, inaugurada pela prefeita em maio do ano passado. “A outra Boutique do Artesanato está instalada na Rodoviária Municipal, também no Centro da cidade. Os dois espaços funcionam de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Gostaria de fazer uma solicitação aos moradores e visitantes: prestigiem os artesãos de SFI, além de contribuírem para preservar a cultura do nosso povo, ainda incentivam a economia regional através da geração de renda”.
 
 
 
 
 

Esperas de até duas horas em filas de agências bancárias são relatos recorrentes de moradores de São Francisco de Itabapoana (SFI). Após receber inúmeras denúncias sobre o tema, o Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-SFI) notificou na semana passada os bancos Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal e Itaú.

Em conversa com os gerentes dos quatro bancos, a equipe do órgão cobrou o aprimoramento do atendimento prestado aos consumidores, melhor estrutura física e contratação de pessoal.

“Seguimos atentos às demandas da população são franciscana. A demora nas filas de bancos tem sido uma denúncia recorrente. Desta forma, cobramos mais uma vez um atendimento célere e rápido, já que, de acordo com os relatos, a espera excede a razoabilidade de tempo”, destacou a coordenadora do Procon-SFI, Gilda Quintanilha. Segundo ela, os representes das instituições mostraram-se solícitos com as demandas expostas.

Com a notificação, as agências têm um prazo de dez dias para apresentar explicações às denúncias recebidas e mudanças a serem implantadas para resolverem os problemas.

Para realizar uma denúncia no Procon-SFI, o morador deve comparecer na sede do órgão, no Terminal Rodoviário Manoel Carlos da Silva, na área central, bem em frente à sede da prefeitura. O expediente é de segunda a sexta-feira, entre 8h e 17h.

Após receber diversas denúncias sobre a coloração escura da água fornecida pela Águas do Rio na última semana, o Programa de Proteção e Defesa do Consumidor de São Francisco de Itabapoana (Procon-SFI) cobrou explicações da concessionária de saneamento básico.

“Em contato com o supervisor operacional, Edilon Cardoso, ele nos explicou que a concessionária de energia elétrica interrompeu o fornecimento nos poços da empresa nos dias 14 e 16, o que teria provocado o acúmulo de água nos canos. Segundo ele, o consumidor que tiver com esse problema, deve entrar em contato pelo telefone disponível na conta de água ou pessoalmente na agência com o número de matrícula”, explicou a coordenadora do Procon-SFI, Gilda Quintanilha.

Com a solicitação do consumidor, uma equipe da Águas do Rio será enviada à residência para realizar os devidos reparos.

“Se o consumidor não conseguir resolver o problema, não deixe de nos procurar para cobrarmos a solução”, finalizou Gilda.

Para realizar uma denúncia no Procon-SFI, o morador deve comparecer na sede do órgão, no Terminal Rodoviário Manoel Carlos da Silva, na área central, bem em frente à sede da prefeitura. O expediente é de segunda a sexta-feira, entre 8h e 17h.

A prefeita de São Francisco de Itabapoana (SFI), Francimara Barbosa Lemos, cumpriu uma extensa agenda na terça-feira (17). Além de participar da inauguração simbólica da nova loja da Boutique do Artesanato do Departamento de Geração de Trabalho e Renda (GTR) e da aula inaugural dos 15 cursos gratuitos promovidos pelo GTR, na sede da Secretaria Municipal do Trabalho e Desenvolvimento Humano (SMTDH), Francimara visitou obras em andamento, inclusive a do Centro Cirúrgico do Hospital Municipal Manoel Carola (HMMC), que será inaugurado nesta quinta-feira (19), às 16h.

“Iniciei o dia participando da inauguração da loja da Boutique do Artesanato e logo depois da cerimônia dos cursos do GTR. Desejei boas-vindas e sucesso a todos os participantes e que aproveitem a oportunidade proporcionada pelo nosso Governo, que está capacitando os moradores para que possam ingressar no mercado de trabalho”, ressaltou a prefeita.
Francimara também acompanhou as obras de pavimentação da Rua Maximiliano de Andrade, em Gargaú, e de cinco ruas na localidade de Travessão de Barra: Valdomiro, Capitão Rangel e mais três vias transversais.

“A Rua Maximiliano de Andrade está com aproximadamente 60% das intervenções concluídas, uma obra que prometemos realizar e estamos cumprindo com o nosso compromisso assumido com a população, a exemplo das ações nas vias públicas de Travessão de Barra, onde também visitei a Creche Municipal Manoelina de Souza Rodrigues, que está passando por uma reforma para dar mais conforto às crianças e melhores condições de trabalho para os funcionários”.

A prefeita esteve ainda no Parque de Exposições, em Praça João Pessoa, durante visita técnica no local, e revelou que em breve vai anunciar boas novidades. O espaço vai passar por reformas, cujo projeto já está pronto com previsão de novas instalações, medidas de segurança e melhorias na estrutura.

Francimara finalizou a agenda no HMMC, visitando a Usina de Oxigênio, além do Centro Cirúrgico, que será inaugurado nesta quinta-feira (19). “É mais saúde para a nossa população! Desde 2009 que o Centro Cirúrgico estava fechado e a partir da inauguração poderemos ofertar mais este serviço ao povo de SFI”, destacou a prefeita.
Acompanharam a prefeita durante as visitas secretários e subsecretários municipais, chefes de departamentos e assessores.

{gallery}obras, inauguracao, aula do GTR{/gallery}

Com o objetivo de promover a qualificação de profissionais que atuam na agricultura de São Francisco de Itabapoana (SFI), será realizado um curso sobre barragens agrícolas na próxima sexta-feira (20), no Espaço do Produtor.

A qualificação é fruto de uma parceria entre a Secretaria Municipal de Agricultura, Sistema de Cooperativas Financeiras do Brasil (Sicoob Fluminense), Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Rio de Janeiro (Emater–RJ), Governo do Estado e Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa).

O curso vai abordar tecnologias sociais hídricas adotadas no semiário brasileiro e especifidades que envolvem a construção de uma barragem subterrânea, tais como tipos, modelos, seleção de local e etapas de construção, além do manejo do solo e da água. A qualificação envolverá ainda um dia no campo, a ser realizado no dia 24 na Fazenda Areia Dourada.

O secretário municipal de Agricultura, Enaldo Barreto, informou que as inscrições são gratuitas. Para se inscrever e ter acesso a maiores informações, os interessados devem entrar em contato através do “e-mail”: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

“Desde terça-feira (17), duas equipes da Embrapa Solos atuam no município na construção das barragens e, paralelamente, na implementação do projeto de recuperação de áreas degradadas”, explicou, destacando que esta é a primeira vez que SFI recebe uma visita técnica desta empresa.

Seguno ele, outros projetos serão desenvolvidos em parceria como a vinda do Fertmovel, veículo desenvolvido pela Embrapa Solos, que é um laboratório completo direcionado para análises de fertilidade do solo.

Por meio da Lei Federal 9.970/2000, 18 de maio é o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual contras Crianças e Adolescentes. Para lembrar a data, a Prefeitura de São Francisco de Itabapoana (SFI) promoveu um evento de conscientização na manhã desta quinta-feira na Praça São Francisco de Paula, na área central.

Diversos órgãos da Secretaria Municipal de Trabalho e Desenvolvimento Humano (SMTDH) foram mobilizados para a ação. O Grupo Art Lata, do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), realizou apresentações musicais, e a equipe do Centro de Referência de Assistência Social (Creas) ficou de prontidão em uma tenda montada na praça central para promover orientações e receber denúncias.

Acompanhada de secretários e assessores, a prefeita Francimara Barbosa Lemos esteve no local e alertou que “não podemos permitir que crimes como esses ainda aconteçam”. Ela lembrou que, em 2017, sancionou a lei que instituiu a Semana Municipal de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

“Como mãe de uma filha de nove anos, me preocupo não só com ela, mas como todas as nossas crianças. Devemos estar sempre em alerta, conversar com nossos filhos, alertando sobre o assunto. É preciso fazer valer os direitos das crianças e adolescentes”, enfatizou.

Para a gerente de Proteção Especial da SMTDH, Eliana Carvalho, a data é “um dia de luta e conscientização, envolvendo os poderes públicos e a sociedade civil”. Segundo ela, que é assistente social, o órgão promove no decorrer de maio palestras sobre o tema em escolas.

Em sua fala, o subsecretário municipal de Trabalho e Desenvolvimento Humano, Luiz César, disse que esta “ação contundente da prefeitura nos alerta para ficarmos sempre atentos e vigilantes para combatermos diuturnamente este crime”. “Não podemos vacilar. Muitos casos acontecem dentro da própria residência da vítima”, completou. Ele representou o secretário da pasta, Fagner Azeredo.

Representante da Câmara Municipal, a vereadora Yara Cinthia parabenizou a realização do evento e pontuou que “ainda existem muitas crianças, seres humanos indefesos, que sofrem este tipo de violência, passando por traumas inesquecíveis”.   

Alunas do Colégio Estadual São Francisco de Paula também participaram. Elas abordaram pontos a serem observados no dia a dia da criança que podem indicar a ocorrência de alguma conduta inadequada. A maneira como traços e cores são usados pelos menores para pintar e desenhar foi um dos exemplos citados.

Origem da data — Em 18 de maio de 1973, uma menina de Vitória, capital do Espírito Santo, foi sequestrada, espancada, estuprada, drogada e assassinada. O corpo foi encontrado desfigurado seis dias depois. Até hoje, os agressores não foram munidos.

A partir da legislação federal, a data passou a ser dedicada à mobilização da sociedade pelo fim da violência sexual.

Denuncie! — A violência sexual é uma violação dos direitos sexuais porque abusa e explora do corpo e da sexualidade, seja pela força ou outra forma de coerção, ao envolver crianças e adolescentes em atividades sexuais impróprias à sua idade cronológica ou ao desenvolvimento físico, psicológico e social.

Se você tiver suspeita ou conhecimento deste tipo de violência, denuncie. Para isso, você pode entrar em contato com o Disque 100, Creas: 99955-5008, Conselho Tutelar: 2789-1704 e 99706-7750, Polícia Militar: 190 ou diretamente na Delegacia de Polícia.

 

Cerca de 600 alunos participaram na manhã desta terça-feira (17) da aula inaugural dos 15 cursos gratuitos promovidos pela Prefeitura de São Francisco de Itabapoana, por intermédio do Departamento de Geração de Trabalho e Renda (GTR). O ato aconteceu na sede da Secretaria Municipal do Trabalho e Desenvolvimento Humano (SMTDH).

Acompanhada de secretários e assessores, a prefeita Francimara Barbosa Lemos participou da cerimônia, desejando boas-vindas e sucesso a todos os participantes.

“Que, através desta oportunidade, vocês se tornem profissionais de excelência e possam, assim, alcançar seus objetivos. Com muita alegria e satisfação promovemos estes cursos que formam o morador são franciscano para atuar no mercado de trabalho. Que vocês nunca percam a força de vontade”, afirmou a prefeita.

Francimara destacou que o município vislumbra boas perspectivas no setor de geração de vagas. Ela citou a parceria firmada na semana passada com a Usina Canabrava, em Campos dos Goytacazes. Pelo acordo, o empreendimento oferecerá aproximadamente 1.500 vagas por meio do Balcão de Empregos da SMTDH.

Também abordando a abertura de postos de trabalho, o secretário municipal de Trabalho e Desenvolvimento Humano, Fagner Azeredo, relatou que, com base em planejamento conjunto com representantes do Porto Central, cursos voltados para a primeira etapa de construção do empreendimento serão oferecidos ainda neste ano. Segundo ele, 70% da mão de obra a ser empregada deverá ser oriunda de SFI, Presidente Kennedy e Marataízes, o que, na visão dele, evidencia a importância da certificação.

Direcionando-se aos alunos, Azeredo afirmou que a SMTDH estará sempre à disposição. “Temos, por exemplo, a Sala do Trabalhador, que conta com profissional qualificado para auxiliar na elaboração de currículo”, informou.

Segundo o coordenador do GTR, Junior Junqueira, as aulas dos cursos presenciais começam na próxima segunda-feira (23) e acontecerão em três polos: Centro, Praça João Pessoa e      Gargaú. Entre os cursos ofertados estão cabeleireiro, manicure, costura criativa, auxiliar de farmácia, almoxarife, elétrica e artesanato.

Junqueira alertou que ainda há vagas para o curso de pedreiro. O interessado deve comparecer à sede da SMTDH portando os documentos pessoais.

 

Os alunos da Escola Municipal Domingos Santos, na localidade de Ponto de Cacimbas, em São Francisco de Itabapoana (SFI), participaram na última sexta-feira (13) de palestras sobre primeiros socorros e preservação ambiental.

As ações integraram o encerramento da etapa escolar do projeto “Resgate a Infância e Saúde e Segurança nas Escolas”, uma parceria com o Ministério Público do Trabalho no Rio de Janeiro (MPT-RJ).

O secretário municipal de Educação e Cultura, Robson Santana, ressaltou a importância do projeto e destacou que as palestrantes foram a técnica de Segurança do Trabalho, Flávia Izidório, e a técnica de Enfermagem, Marcela Siqueira. “Na ocasião, também realizamos a premiação dos integrantes da Comissão Interna e Prevenção de Acidentes (Cipa) da unidade escolar”, disse.

Em parceria com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, o evento foi encerrado com plantio de mudas de árvores nativas na área da escola. “Nosso intuito foi desenvolver  a consciência e a responsabilidade social dos alunos através da educação ambiental, oferecendo atividades práticas, incentivando projetos sustentáveis e os estimulando a  buscar soluções que ajudem a preservar os recursos naturais”, afirmou o subsecretário municipal de Meio Ambiente, Manoel Mendes, que estava acompanhado do engenheiro ambiental da Sema, Jamilson Júnior, um dos palestrantes.