Ascom SFI

Ascom SFI

Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal de São Francisco do Itabapoana.
Responsável: Diego Gomes Santos

Alunos da rede municipal de ensino de São Francisco de Itabapoana (SFI) participaram nesta quarta-feira, 27/04, do Projeto Jovens Astros do Amanhã”. O projeto é apoiado e financiado pelo Consulado Geral dos Estados Unidos no Rio de Janeiro e conta com o apoio da Pefeitura e da Secretaria de Estado de Educação.

Nesta quarta-feira (29), a Coordenadora Amanda Passalini, os assessores da Smec, Renato Matheus e Reggis Bueno, receberam na E. M. Décio Machado I, o Coordenador do Projeto, Marcelo Souza, o gerente do Projeto astronomia Louis Cruls, Robson Chagas e Débora Daumas especialista em astronomia, para a cerimônia do projeto que tem como objetivo encontrar novos talentos em astronomia, em programação para desenvolvimento de aplicativos e na elaboração de ilustrações e animações 2D e 3D.

A cerimônia contou com a presença dos alunos do 8º e 9º ano que estavam acompanhados pelo Diretor da unidade, Eduardo de Souza, pela Coordenadora Pedagógica, Ana Paula e professores da escola.

O Secretário de Educação e acultura Robson Santana ressaltou que é uma honra ter SFI entre os municípios selecionados. “Teremos outros encontros nas demais unidades escolares que serão contempladas. Agradeço esta importante oportunidade. Eu e a prefeita Francimara, esperamos que bons frutos sejam colhidos”, afirmou.

A Prefeita Francimara pontuou que o projeto busca estimular jovens talentos para a Ciência. Os estudantes serão capacitados em Física, Matemática, Artes e Astronomia. Fico feliz em ver o crescimento na Educação do nosso municipal e os nossos alunos recebendo capacitações. Parabéns a todos!

A partir destes conhecimentos, eles desenvolverão até outubro de 2022, em demais escolas os projetos criativos de exploração da Lua com a utilização e desenvolvimento de novos recursos tecnológicos. Todo o material será desenvolvido em português e inglês.

Em SFI, as escolas selecionadas para participar foram: Professor Herval Luiz dos Santos Batista, na área central, e Dirceu Dias da Silva, em Guaxindiba. As turmas participantes serão as do 8º e 9º ano do Ensino Fundamental.

Os moradores de São Francisco de Itabapoana (SFI) inscritos no SuperaRJ, do Governo do Estado do Rio de Janeiro, devem ficar atentos. A Secretaria Municipal de Trabalho e Desenvolvimento Humano (SMTDH) acaba de divulgar que recebeu mais uma remessa de cartões do programa. No total, são 42 novos contemplados com o auxílio emergencial de até R$ 300,00. (confira a lista completa no final da matéria).

“Quem estiver na listagem precisa levar o RG e o CPF para retirar o cartão comparecendo à sede da SMTDH, na Avenida Vereador Edenites da Silva Viana, nº 141, antigo prédio onde funcionou a Secretaria Municipal de Educação e Cultura (SMEC), na área central do município, no período das 8h às 16h30”, explicou a gerente de proteção básica na SMTDH, Thays Bento Manhães Barreto.

O SuperRJ beneficia famílias inscritas no Cadastro Único (CadÚnico) que ganham até R$ 178,00 por mês, que vivem na pobreza e extrema pobreza e perderam os empregos durante a pandemia do novo coronavírus (Covid-19). O programa oferece um cartão com crédito de R$ 200,00, podendo ter acréscimo de R$ 50,00 para cada filho, limitado a dois menores.

LISTAGEM DOS NOVOS CONTEMPLADOS COM O CARTÃO SUPERARJ
1. Adevaldo de Jesus Mateus
2. Adriano Feliciano Moura dos Santos Junio
3. Alduino Martins
4. Aluizio Martins de Alvarenga
5. Amaro Jorge Barbosa Gomes
6. Camila da Silva Barbosa
7. Carina de Souza Carneiro
8. Cely Barboza Ferri
9. Elessandra Paes Soares
10. Elizabeth Souza da Silva
11. Eloiza de Souza Manhães Félix
12. Francisco Clara da Silva
13. Hemily Silva Siqueira
14. Jacira Ribeiro Cabral da Silva
15. José de Oliveira Pessanha
16. Juliana Gomes Ferreira
17. Juliana Machado Correa
18. Juliana Pomada Faria
19. Júlio Cezar Gomes Gonçalves
20. Kesia Soares de Souza
21. Ketllen Pereira Batista
22. Luara Machado da Paixão
23. Luiz Mattos da Silva
24. Marcela Vieira de Andrade
25. Marcos Antônio Souza Lima
26. Maria Eduarda dos Santos Ferreira
27. Maria Isabel Soares de Souza
28. Mayara Gonçalves Alvarenga
29. Miriam Silva dos Santos
30. Mix Guilherme Moreira Fontão
31. Osvaldo Gomes Chagas
32. Priscila Bastos Ferreira da Conceição
33. Rebeca dos Santos Cardoso
34. Roberta Silva Macedo dos Santos
35. Roziane da Silva Fernandes
36. Shayane Sobrinho Rangel
37. Sthefanny Alves Dias
38. Taynara Rodrigues do Carmo
39. Taysa de Oliveira dos Santos
40. Teylor de Souza Nascimento
41. Thais Vasconcelos de Azeredo Santana
42. Thaynnara da Silva Teodoro

 

A partir desta semana, o atendimento do Programa de Proteção e Defesa do Consumidor de São Francisco de Itabapoana (Procon-SFI) será realizado em uma sala no térreo do Terminal Rodoviário Manoel Carlos da Silva, na área central, bem em frente à sede da prefeitura.

O processo de mudança está na fase final. “Estamos realizando os últimos ajustes e nos organizando neste novo ambiente. Nosso respeito e assistência humanizada aos consumidores permanecerão firmes. Estamos prontos para atendê-los”, afirmou a coordenadora do órgão, Gilda Quintanilha.

Neste primeiro momento, o atendimento será realizado somente de maneira presencial. O expediente é de segunda a sexta-feira, entre 8h e 17h.

 

A Secretaria Municipal de Educação e Cultura (SMEC) de São Francisco de Itabapoana (SFI) realizou a capacitação para coordenadores do “Resgate a Infância e Saúde nas Escolas”. A ação aconteceu nesta terça-feira (26). O projeto é realizado em parceria com o Ministério Público do Trabalho no Rio de Janeiro (MPT-RJ).

O objetivo da capacitação é ampliar o conhecimento dos coordenadores pedagógicos em relação ao MPT na Escola, proteção ao trabalhador adolescente, assim como a importância da segurança e saúde nas unidades de ensino e no trabalho.

O secretário da pasta, Robson Santana, durante a participação dele, parabenizou o comprometimento e ressaltou que o projeto é importante para fazer com que a escola e a comunidade caminhem juntas. “É necessário prevenir acidentes, melhorar e garantir a saúde e a segurança para cada indivíduo dentro da escola e na comunidade. Conto com o empenho de todos”, solicitou.

O comissário da Infância e Juventude, Marcos Moulin, que esteve na capacitação, destacou que a parceria com o MPT-RJ busca a conscientização de alunos e sociedade a respeito da necessidade da erradicação do trabalho infantil e proteção do trabalhador adolescente. “Precisamos sempre estar empenhados neste projeto tão importante para as nossas crianças e toda a sociedade”.

Estiveram presentes ainda durante a ação o assessor Renato Matheus, a técnica em Segurança do Trabalho Flávia Izidório e a professora Luana Ribeiro, todos integrantes da SMEC.

A prefeita de São Francisco de Itabapoana (SFI), Francimara Barbosa Lemos, mais uma vez, antecipou o salário dos servidores públicos, cargos comissionados e prestadores de serviço. O pagamento de abril dos trabalhadores começa a ser liberado nesta quarta-feira (27), sendo concluído amanhã (28).
 
“É um presente antecipado do município pelo Dia do Trabalhador, que é celebrado em 1º de maio, e um gesto de reconhecimento pela dedicação dos nossos trabalhadores da prefeitura, que prestam um atendimento de qualidade à população, além de contribuírem para o engrandecimento do município”, ressaltou Francimara, acrescentando:
 
“Também demonstra o nosso compromisso de valorização dos servidores, afinal, estamos indo além de autorizarmos o pagamento em dia promovendo a liberação do salário antecipadamente e dentro do mês trabalhado”
 
O secretário municipal de Administração, Erbson Gomes Pires (Bibinho), destacou que os servidores, com o pagamento antecipado, podem planejar melhor de que forma vão utilizar o dinheiro do salário, sem contar a injeção de recursos, que permite o aquecimento da economia local.
 

Após a prefeita Francimara Barbosa Lemos autorizar e encaminhar matéria à Câmara Municipal de São Francisco de Itabapoana (SFI), os 13 vereadores aprovaram, por unanimidade, a equiparação salarial dos profissionais da área de enfermagem (auxiliar e técnico de enfermagem e enfermeiro), pertencentes ao quadro de pessoal da prefeitura, com os valores previstos na lei estadual nº 8.315 de 19/03/2019. A sessão aconteceu na última terça-feira (26), na sede do Legislativo. 

 
“Depois da aprovação pelo plenário da Câmara dos Deputados do pedido de urgência, no último dia 22 de março, para votação do projeto de lei federal que cria o piso nacional da enfermagem, sentimos a necessidade de avaliarmos o piso salarial dos municípios da região e do Governo do Estado, constatando a defasagem do piso praticado em SFI. Isso fica mais evidente quando são levados em consideração os custos realizados pelos profissionais da área de enfermagem com o pagamento de despesas com transporte e alimentação”, argumentou o secretário da pasta, Sebastião Campista, que acompanhou a votação, acrescentando:
 
“Entramos em contato com a prefeita Francimara Barbosa Lemos, que sensível à causa, autorizou promovermos a revisão do piso salarial dos profissionais da área de enfermagem. A instalação da Usina de Oxigênio no Hospital Municipal Manoel Carola, proporcionando uma economia média anual de aproximadamente R$ 1 milhão, possibilitou uma folga nos recursos de natureza fixa, dinheiro usado para parte do custeio da equiparação, que também será estendida às demais categorias da Saúde, depois de finalizarmos o estudo de fonte de receita”.
 
Campista ressaltou a estruturação realizada na rede pública municipal de saúde na gestão da prefeita Francimara, intervenções consideradas por ele de fundamental importância para que o município enfrentasse a crise sanitária provocada pelo novo coronavírus (Covid-19).
 
“Todavia, nada seria possível sem os esforços empregados pelos profissionais que atuam nas unidades de saúde, que durante todo o período pandêmico exerceram suas funções com extrema bravura e comprometimento. Neste contexto, faz-se necessária a realização de um olhar de reconhecimento para estes trabalhadores que arriscaram suas vidas para proteger e recuperar a saúde da população afetada pela pandemia”, destacou o secretário. 
 
Acompanharam ainda a votação na Câmara Municipal a chefe de Gabinete, Francilea Azeredo, representando a prefeita Francimara; a subsecretária de Saúde, Thayna Rissa, além dos profissionais de enfermagem do município.
 

O Balcão de Emprego de São Francisco de Itabapoana (SFI), órgão vinculado à Secretaria Municipal de Trabalho e Desenvolvimento Humano (SMTDH), está anunciando mais duas vagas. As oportunidades são para trabalhar no município.

A primeira é para técnico de celulares e a segunda destinada a atendente que seja pessoa com deficiência (PCD) para trabalhar no Restaurante Frigideira, vaga disponível a Jovem Aprendiz ou adultos.

Os interessados devem enviar currículo para o e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou ainda entregá-lo na nova sede da SMTDH, situada na Avenida Vereador Edenites da Silva Viana, nº 141, no prédio onde funcionou a Secretaria Municipal de Educação e Cultura (SMEC), no Centro da cidade, de segunda a sexta-feira, exceto feriados e pontos facultativos, das 8h às 17h.

O Balcão promove a divulgação das vagas oferecidas e ainda fica responsável por recolher os currículos dos candidatos. Iniciamos a semana com mais oportunidades anunciadas, incluindo uma para pessoa com deficiência, a fim de ser inserida no mercado de trabalho”, destacou o secretário da pasta, Fagner Azeredo.

A vacinação contra gripe em idosos a partir de 60 anos prossegue até a próxima segunda-feira (2) em São Francisco de Itabapoana, conforme calendário estabelecido pelo Ministério da Saúde (MS). Esta também é data final para os trabalhadores da saúde.

O público-alvo deve procurar uma das 12 unidades de saúde que realizam a imunização: Clínica da Família Germano Barros Delgado, na área central, ou nos polos de Barra do Itabapoana, Travessão de Barra, Bom Lugar, Praça João Pessoa, Guaxindiba, Gargaú, Imburi, Buena, Pingo D’Água, Floresta e no Centro Municipal de Imunização (CMI), em Ponto de Cacimbas.

Segundo o coordenador do Setor de Imunização da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), Cristiano de Souza, os idosos devem apresentar documento original com foto e Cadastro de Pessoas Físicas (CPF). Para os profissionais da saúde, além destes documentos, é necessário comparecer com comprovante de atuação na área. Em ambos os casos, é importante trazer a Caderneta de Vacinação.

O secretário municipal de Saúde, Sebastião Campista, alerta para a relevância da imunização. “O Governo Federal destaca que o objetivo da campanha é reduzir a carga da doença, prevenindo hospitalizações e mortes, visto que contribui para reduzir o risco de desenvolvimento de formas graves e o impacto das complicações respiratórias”, afirmou.

De acordo com o MS, a vacina utilizada pelo Sistema Único de Saúde (SUS) é trivalente. Produzida pelo Instituto Butantan, a dose é efetiva na proteção contra as novas cepas do vírus: H1N1, H3N2 e tipo B.

Sarampo — Em paralelo com a imunização contra a gripe, os profissionais da Saúde também devem participar da campanha de atualização vacinal contra o sarampo. Para isto, é necessário apresentar a Caderneta de Vacinação para que seja avaliada.
“Tanto a vacina do sarampo, quanto a da Covid-19, podem ser ministradas simultaneamente com a da influenza, conforme orientação técnica do MS”, esclareceu Cristiano.

Calendário — A segunda etapa da campanha da gripe acontecerá entre três de maio e três de junho e envolverá gestantes e puérperas; professores; comorbidades; pessoas com deficiência permanente; forças de segurança e salvamento; caminhoneiros e trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso; trabalhadores portuários; adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas; e população privada de liberdade.

Nesta fase também serão vacinadas crianças entre seis meses a menores de cinco anos de idade, sendo que aquelas que receberam ao menos uma dose da vacina Influenza em anos anteriores, o esquema vacinal será com apenas uma dose em 2022. Já para as crianças que serão vacinadas pela primeira vez, a orientação é agendar a segunda dose da vacina contra gripe para 30 dias após a primeira dose, seguindo o que preconiza o Governo Federal.

A Prefeitura de São Francisco de Itabapoana (SFI) já iniciou as ações para o desmembramento do relógio de energia elétrica e do hidrômetro do prédio cedido à Polícia Militar (PM), onde funciona o Destacamento de Policiamento Ostensivo (DPO) da localidade de Travessão de Barra. O posto é considerado estratégico para o policiamento ostensivo no município. 
 
“Nesta semana começou a construção do padrão de ligação de energia elétrica e assim que o serviço estiver concluído, a concessionária Enel vai enviar uma equipe ao local para realizar a vistoria e fazer a nova ligação”, explicou a chefe de Gabinete, Francilea Azeredo, acrescentando:
 
“Em relação ao desmembramento do hidrômetro do imóvel, estamos igualmente providenciando a instalação do instrumento de medição. A previsão é de que possivelmente na próxima semana a equipe da concessionária Águas do Rio realize o trabalho”.     
 
O desmembramento do relógio e do hidrômetro foi solicitado pelo 8º Batalhão de Polícia Militar (BPM/Campos), com prazo até o próximo dia 30 de abril, objetivando individualizar as contas dos serviços prestados pelas respectivas concessionárias.
 
 
 
 

A Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PMERJ) aprovou o “Campo Seguro”, elaborado pela Secretaria Municipal de Agricultura de São Francisco de Itabapoana (SFI), que através de um sistema de monitoramento via satélite (georreferenciamento), objetiva aumentar a segurança na área rural. O projeto, que tem o apoio da Secretaria Municipal de Segurança, Ordem Pública e Defesa Civil (Sesep), será executado no município em parceria com o 8º Batalhão de Polícia Militar (BPM) e poderá ser estendido para todos os municípios fluminenses que tenham região rural.

“Estivemos na semana passada no Quartel General da PM, na cidade do Rio de Janeiro, sendo recebidos pelo subsecretário de Gestão Operacional do órgão, coronel Rogério Lobasso. O diretor de projetos da secretaria, Anderson Raimundo, fez a apresentação, sendo o projeto-piloto aprovado pelo Comando da PM. A ideia é que o lançamento oficial do ‘Campo Seguro’ ocorra durante a ExpoAgro 2022, no mês de setembro“, revelou o secretário municipal de Agricultura, Enaldo Barreto.

O subcomandante do 8º BPM, major Tibério Carlos da Silva, também participou da reunião na capital fluminense, juntamente com o comandante do batalhão campista, tenente-coronel Gustavo Marques, e do chefe da Seção de Operações, capitão Wanderson Thomaz Soares, e do sargento Leandro Batista Vicente, analista criminal, ambos da mesma unidade policial.

“O ‘Campo Seguro’ vai implementar um Patrulhamento Rural visando evitar furto de gado e de equipamentos de energia elétrica, como por exemplo, transformadores, cabos e fios, além de outros crimes. No bojo do projeto, existe a necessidade operacional de duas viaturas de porte grande, tipo picape, para realizar o patrulhamento”, informou o subcomandante.

O vice-prefeito de SFI, Raliston Souza, que representou a prefeita Francimara Barbosa Lemos durante a reunião no Quarte General da PM, destacou a importância do projeto, principalmente devido à extensão territorial do município, grande parte em área rural.

“O Governo Francimara está mais uma vez cumprindo com um compromisso assumido com os produtores rurais do município. A parceria da prefeitura com o 8º BPM, através da Secretaria de Agricultura, vai permitir aumentar a segurança no campo, levando mais tranquilidade e diminuindo os prejuízos provocados pelos furtos na área rural”, ressaltou Raliston.

SFI tem pouco mais de 3.100 propriedades rurais cadastradas, de acordo com levantamento obtido junto à Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Rio de Janeiro (Emater-RJ) e à Defesa Agropecuária Estadual. Na fase inicial do projeto, participarão 300 propriedades rurais de todos os portes, com previsão de progressivamente aumentar o atendimento.

O projeto - Haverá a criação de um banco de dados, gerido e atualizado pela Secretaria de Agricultura, contendo as informações da propriedade rural e seus respectivos donos, disponibilizado de maneira online à PM. Será gerado para cada propriedade um código sequencial exclusivo, exposto em uma placa e afixado em lugar de grande visibilidade, preferencialmente na entrada principal do imóvel. O cadastro contará com as coordenadas geodésicas de alta precisão, que poderão ser acessadas por aplicativos de localização.

Em caso de ocorrência policial numa propriedade rural, o dono ou qualquer cidadão informa o número da placa do imóvel à PM, que por intermédio do banco de dados, encontra as coordenadas e informações complementares, traçando as rotas de acesso e de possíveis fugas dos criminosos, as envia para os policiais do patrulhamento, que se direcionam ao local da ocorrência.