Ascom SFI

Ascom SFI

Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal de São Francisco do Itabapoana.
Responsável: Diego Gomes Santos

O Balcão de Emprego de São Francisco de Itabapoana (SFI), órgão vinculado à Secretaria Municipal de Trabalho e Desenvolvimento Humano (SMTDH), está com vagas para empregada doméstica e cozinheiro (a). As oportunidades são para trabalhar na área central do município e na Praia de Guaxindiba, respectivamente.


Para a vaga de empregada doméstica, após o período de experiência, será assinada a carteira. Já o serviço de cozinheiro (a), o trabalho é noturno.


Os interessados devem enviar currículo para o e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou entregá-lo na sede da SMTDH, situada na Avenida Vereador Edenites da Silva Viana, nº 87, no Centro da cidade, das 8h às 17h, de segunda a sexta-feira.


“Estamos solicitando a todos os empresários que tiverem vagas disponíveis para trabalhar e que queiram participar desta parceria, que procurem o Balcão de Emprego. A gente providencia a divulgação e também recolhe os currículos dos candidatos, contribuindo para que os munícipes possam arranjar uma colocação no mercado de trabalho”, explicou o secretário da pasta, Fagner Azeredo.

Com a proximidade do Natal, a Prefeitura de São Francisco de Itabapoana (SFI) intensificou os trabalhos de instalação da iluminação na área central e os ensaios para o evento teatral “Atos de Natal - Um Natal bem brasileiro”. Ambas as realizações são organizadas através da Secretaria Municipal de Educação e Cultura (Smec).

Uma das novidades deste ano é a iluminação do canteiro central da RJ 224, no trecho entre o portal da cidade e a Praça São Francisco de Paula. Este local, por sua vez, receberá decoração diferenciada neste ano, como trenó, renas, além de muitas estrelas a partir de cores diversas de LED. “Além disso, no Trevo das Praias, instalaremos árvores e um letreiro desejando boas festas para moradores e turistas. Outros locais iluminados serão o Centro Cultural, pela primeira vez, e a prefeitura, que receberá uma nova temática”, explicou o diretor do Departamento de Criação da Smec, Pedro Rangel. Os trabalhos contam com apoio da Secretaria Municipal de Turismo, Indústria e Comércio (SecTur).

O secretário municipal de Educação e Cultura, Robson Santana, destacou que a iluminação deste ano foi elaborada de maneira mais lúdica para encantar todas as faixas de público. “Também está prevista apresentação de coral e de presépio vivo na praça central. Em breve divulgaremos toda a programação, prevista para começar em quatro de dezembro”, afirmou.

Outro diferencial deste ano é a apresentação “Atos de Natal - Um Natal bem brasileiro”, que será o primeiro espetáculo realizado no palco do Centro Cultural. O diretor do Departamento de Cultura (DPAC) da Smec, Carlos Salvador, relatou que os ensaios começaram em agosto e envolvem artistas locais. “Adaptamos uma peça, com elenco, coral, banda e o grupo Art Lata, da Secretaria Municipal de Trabalho e Desenvolvimento Humano”, disse.

Entusiasmada com o avanço da preparação, a prefeita Francimara Barbosa Lemos destacou que o projeto voltado para comemorar a data visa celebrar a vida. “Passamos por momentos intensos e complicados, mas graças a vacinação estamos superando. É preciso celebrar. Desde já, convido a todos para participar”, finalizou.

Após reunião na última segunda-feira (8) e partir da análise do números que evidenciam o avanço da vacinação contra o novo coronavírus (Covid-19) para os maiores de 12 anos, a Prefeitura de São Francisco de Itabapoana (SFI) autorizou o retorno das aulas presenciais nas escolas particulares e estaduais, conforme portaria publicada no Diário Oficial desta terça-feira (9). Já em relação a rede municipal de ensino, a previsão de retorno é 2022, visto que envolve aproximadamente nove mil alunos.

Durante o encontro, que, além de representantes das pastas da Saúde e da Educação, também contou com a presença do vice-prefeito, Raliston Souza, e outros secretários e assessores, a prefeita Francimara Barbosa Lemos destacou a importância da retomada para a continuação do processo de aprendizagem. “Apesar disso, devemos ter cautela. Devemos estabelecer um retorno seguro. Além de prefeita, sou mãe e sei o quanto a suspensão das aulas presenciais afetou negativamente, porém, enquanto Poder Público temos que promover todas as condições para que esse retorno aconteça de forma segura, desde a logística de transporte até a sala de aula”, afirmou.

O secretário municipal de Educação e Cultura, Robson Santana, explicou que, neste primeiro momento, optou-se por autorizar o retorno nas escolas particulares, por envolver um número menor de pessoas, se for comparado a rede pública. Já em relação às escolas estaduais, ele esclareceu que essas unidades de ensino contam com turmas voltadas para alunos com idade superior a 12 anos, faixa etária já contemplada pela vacinação em SFI.

“Os responsáveis pelas escolas precisarão apresentar à Secretaria Municipal de Educação e Cultura (Smec), Plano Operacional, com indicação das medidas de prevenção ao contágio da Covid-19. Para a rede pública municipal, este documento está sendo revisado em decorrência da necessidade da realização de nova avaliação da infraestrutura das 25 unidades, que seriam inicialmente contempladas. Isso se fez necessário em razão das fortes chuvas ocorridas no município nas últimas semanas”, esclareceu. Ele informou ainda que, paralelamente, a Smec realiza levantamento para a verificação do número de alunos matriculados que receberam ao menos uma dose da vacina contra a Covid-19.

Santana acrescentou que o plano municipal será divulgado no próximo dia 30, acompanhado do cronograma de retorno. “Deixamos claro que desde a suspensão das aulas a Smec está empenhado em garantir a continuidade do processo de ensino-aprendizagem”, finalizou.

A Prefeitura de São Francisco de Itabapoana (SFI), através de parceria entre a Secretaria Municipal de Educação e Cultura (SMEC) e o Centro Universitário Fluminense (Uniflu), vai proporcionar a formação continuada para diretores de todas as 59 escolas municipais da rede. A capacitação será no próximo dia 27, às 9h, no auditório do Campus I, Uniflu, em Campos dos Goytacazes.

“Cada unidade escolar encaminhará um diretor. A capacitação será promovida pelo Curso de RH (gestão de pessoas) do Uniflu com ênfase nos seguintes eixos: gestão de equipe, fortalecimento da cultura organizacional, promoção de satisfação, estímulo ao comportamento colaborativo, fomento a inovação e criatividade”, explicou o secretário municipal de Educação e Cultura, Robson Santana, acrescentando:

“O gestor é uma peça-chave no bom andamento de uma unidade escolar que busca a excelência na qualidade do ensino. A capacitação torna-se essencial para instrumentar os gestores. Fazendo uma analogia, uma orquestra produz uma música agradável quando seu maestro é bem preparado”.

A prefeita Francimara Barbosa Lemos destacou a importância de aprimorar a gestão nas unidades da rede de ensino. “Estamos buscando capacitação para os nossos diretores da SMEC por intermédio desta parceria com uma instituição educacional de nível superior renomada, como é o caso do Uniflu. O bom desempenho de toda a equipe depende de uma gestão eficiente”, ressaltou Francimara.

Foto: Silvana Rust/Terceira Via

O processo de imunização contra o novo coronavírus (Covid-19) segue avançando em São Francisco de Itabapoana (SFI). Nesta semana, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) começou a vacinar maiores de 70 anos com a dose de reforço.

O coordenador do Setor de Imunização da SMS, Cristiano de Souza, destaca que, conforme norma técnica do Ministério da Saúde (MS), o imunizante é destinado a quem recebeu a segunda dose ou dose única, há pelo menos seis meses.

“Para tomar a dose de reforço é preciso realizar o agendamento no polo de imunização mais próximo de sua casa, de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h30. É necessário levar o cartão de vacinação, um documento oficial com foto, o cartão do Sistema Único de Saúde (SUS) ou o Cadastro de Pessoas Físicas (CPF)”, detalhou. Ele lembrou dos locais onde a vacina está disponível: Clínica da Família Germano Barros Delgado, no Centro; e Unidades Básicas de Saúde (UBS) de Barra do Itabapoana, Bom Lugar, Travessão de Barra, Praça João Pessoa, Guaxindiba, Gargaú, Imburi e Floresta.

A prefeita Francimara Barbosa Lemos ressaltou a importância da dose adicional da vacina. “Seguindo o que orienta especialistas, o Governo Federal passou a disponibilizar doses para esta finalidade. Desta forma, contamos com a colaboração de todos os idosos maiores de 70 anos para que agendem o reforço”, pontuou.

O município também realiza a aplicação da dose adicional em profissionais da área da Saúde. O procedimento é o mesmo.

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Sema) de São Francisco de Itabapoana (SFI), por intermédio da Guarda Ambiental (GAM), resgatou uma lontra (Lontra longicaudis), em Gargaú, próximo à praia. A ação ocorreu na tarde de domingo (7).

“Moradores acionaram a GAM informando que havia um ratão-do-banhado (Myocastor coypus) na localidade. Ocorre que os guardas ambientais Efrain e Marcos Serejo, chegando ao lugar indicado pelos residentes, constataram tratar-se de uma lontra. O animal, que estava em boas condições de saúde, foi solto num brejo, próximo ao Sítio Dujuca, em Guaxindiba, em seu habitat natural”, explicou a secretária da pasta, Luciana Soffiati, acrescentando:

“A orientação à população ao encontrar algum animal silvestre no município é para acionar a GAM, através do telefone (22) 9.8161-6713, serviço que funciona 24h, durante todos os dias da semana, inclusive sábados, domingos e feriados. Jamais tente fazer o resgate por conta própria, já que o animal pode se assustar ou se estressar e atacar”.

Características - A lontra é um animal semiaquático e carnívoro, que se alimenta de pequenos mamíferos, peixes, crustáceos, anfíbios, répteis e ovos. Possui hábitos predominantemente noturnos, no entanto, pode ser observada em atividades diurnas.

Organizada pela Prefeitura de São Francisco de Itabapoana (SFI)  e a Federação de Ciclismo do Estado do Rio de Janeiro (Fecierj), a 23ª edição da corrida ciclística Volta a São Francisco abrirá as inscrições nesta terça-feira (9) através do “site” fecierj.org.br. A competição acontecerá nos dias quatro e cinco de dezembro e envolverá cerca de 300 atletas de diversas partes do país.

Na manhã desta segunda-feira (8), representantes dos dois órgãos se reuniram na Secretaria Municipal de Governo e Relações Institucionais (SeGov) para definir os últimos detalhes logísticos do evento, que, pela primeira vez, contará pontos para o ranking estadual. O ciclista são franciscano Fagner Batista também participou.

O presidente da Fecierj, Adair Aparecido, explicou que a 23ª Volta a São Francisco será dividida em duas provas. No primeiro dia, a competição é na modalidade contra o relógio e o percurso será entre a praia de Guaxindiba e Buena. Já no segundo dia, são dois desafios: um percurso de 67 km e outro de 110 km, passando por diversas localidades do município e envolvendo 24 categorias, incluindo a amador. “Nosso projeto para o ano que vem é que a Volta a São Francisco integre o calendário nacional”, pontuou, acrescentando que o valor da inscrição varia de R$ 100 ou R$ 150.

“Desde o início em que fomos convidados a atuar em parceria na realização deste importante evento do esporte, a prefeita Francimara Barbosa Lemos determinou a mobilização de todos os órgãos para que o melhor fosse feito. Estamos na expectativa para receber todos os atletas aqui em SFI em dezembro”, afirmou o secretário municipal de Governo e Relações Institucionais, Jairo Batista.

O secretário municipal de Educação e Cultura, Robson Santana enfatizou que educação, cultura e esporte precisam caminhar juntos para o desenvolvimento da sociedade. Ele informou que o órgão está mobilizado para buscar patrocínios e parcerias para a premiação da corrida, que será ofertada a todas as categorias.

Representantes da Secretaria Municipal de Educação e Cultura (Smec) de São Francisco de Itabapoana (SFI) participaram no último sábado (6), em Cambuci, das atividades do “Energia para Ler”, projeto de incentivo fiscal promovido em parceria entre o Governo do Estado e a concessionária Empresa de Energia Elétrica (Enel).

“Acompanhamos de perto a grandiosidade deste projeto. Estamos trabalhando para que ele também aconteça em nosso município. Seguindo o que a prefeita Francimara Barbosa Lemos orienta, estamos em ação para estabelecer parcerias que beneficiem a nossa população”, afirmou o secretário municipal de Educação e Cultura, Robson Santana.

O diretor do Departamento de Cultura (DPAC) da Smec, Carlos Salvador, explicou que, por intermédio do “Energia para Ler”, são promovidos, por exemplo, concursos de poesia, poema, redação, também voltados para alunos da rede municipal de ensino, além de feira de venda de livros. Ele, que estava acompanhado do assessor de Projetos do DPAC, Carlos Júnior, agradeceu o convite do Diretor do Departamento de Cultura da Prefeitura de Cambuci, José Vicente, e da secretária municipal de Educação e Cultura, Ana Lúcia Lessa.

De acordo com dados divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de São Francisco de Itabapoana nesta segunda-feira (8), o município conta com 3.786 casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19). Em investigação são 310. Já os descartados somam 6.921.

Ainda segundo os dados da SMS, entre os casos confirmados, 3.674 estão recuperados. Até o momento foram registrados 97 óbitos pela doença. 

Outra taxa informada pela SMS é a de ocupação. Tanto os leitos clínicos, quanto os com suporte de ventilação não registram ocupação desde o boletim de 31/10/2021. 

Atualmente, SFI está com taxa de recuperação em 97,04%, ligeiramente maior que a média nacional (96,30%). Já a taxa de letalidade está em 2,56%, enquanto que a do Estado do Rio de Janeiro é de 5,16%.

Conforme atualização da Secretaria de Estado de Saúde (SES) na última sexta-feira (29), o Norte Fluminense está no risco Baixo no Mapa de Risco da Covid-19.

Os materiais para análise dos casos suspeitos são encaminhados ao Laboratório Central (LACEN/RJ), seguindo rigorosamente os protocolos de coleta, armazenamento e envio do Ministério da Saúde.

Neste 5 de novembro é celebrado o Dia Nacional da Cultura, uma homenagem a Rui Barbosa, autor de várias obras literárias e membro fundador da Academia Brasileira de Letras (ABL). Na avaliação do diretor do Departamento de Cultura da Secretaria Municipal de Educação e Cultura (SMEC) de São Francisco de Itabapoana (SFI), Carlos Salvador Júnior, a data é motivo de orgulho para o município devido à riqueza cultural manifestada por meio das crenças, costumes e folclore.

“Temos a tradição do artesanato, das danças das festas juninas através das quadrilhas, dos bois pintadinhos nos carnavais de rua, das comunidades remanescentes quilombola, das festas religiosas e da cultura da pesca ou da culinária. Todas as manifestações artísticas permeiam o cotidiano dos munícipes e são oriundas do vasto e imponente passado em terras que outrora se defina por capitania”, ressaltou o diretor do Departamento de Cultura, acrescentando:

“Assim, diante da ancestralidade cultural que nos foi legada, a SMEC tem como compromisso o oferecimento de sustentabilidade à criatividade local, proporcionando um calendário de atividades e eventos para todas as idades, gêneros e classes, promovendo estímulo à autenticidade, ao lúdico e a oferta de condições para o pleno exercício dos talentos artísticos locais, nas mais diversas linguagens culturais que se apresentam”.

Carlos Salvador destacou ainda que a Cultura movimenta a economia de forma significativa, além de possuir um poder transformador, capaz de alavancar grandes mudanças na sociedade. “Um povo sem cultura é um povo sem identidade, e a gestão pública deve buscar meios e condições para que a governança cultural chegue para todos e todas que alegram nossos corações com as suas respectivas artes”, revelou.

A prefeita Francimara Barbosa Lemos parabenizou a todos que contribuem para o enriquecimento da Cultura no município, enumerando algumas ações promovidas pela SMEC por intermédio do Departamento de Cultura.

“A nossa gestão tem investido muito na área cultural. Podemos citar o Cadastramento Cultural Municipal, Sistema de Mapeamento Cultural Municipal, operacionalização da Premiação Cultural da Lei Aldir Blanc, assessoramento para editais do Estado, de autarquias, de empresas públicas e de órgãos internacionais, a realização do Espetáculo Cantando na Tela no Mundo da Criança, entre outras. A Cultura é fundamental para o desenvolvimento da sociedade e nós estamos fazendo a nossa parte”, ressaltou Francimara.