Login to your account

Username *
Password *
Remember Me

Create an account

Fields marked with an asterisk (*) are required.
Name *
Username *
Password *
Verify password *
Email *
Verify email *
Captcha *
Reload Captcha
Ascom SFI

Ascom SFI

Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal de São Francisco do Itabapoana.
Responsável: Diego Gomes Santos

O desenvolvimento de políticas públicas destinadas à igualdade racial foi tema de uma roda de conversa, realizada na noite dessa segunda-feira (21), na sede da Secretaria Municipal de Trabalho e Desenvolvimento Humano (SMTDH) de São Francisco de Itabapoana (SFI).

A iniciativa integra as ações desenvolvidas pela prefeitura em referência ao dia da Consciência Negra, comemorado no dia 20. Além do debate, houve apresentação de capoeira, exposição de artesanatos produzidos pelos assentamentos de terra do município e por pescadores de Barra do Itabapoana. Representantes dos artesãos, dos quilombos, comunidades quilombolas são franciscanas e da União de Negros e Negras pela Igualdade (Unegro) estavam presentes.

Diálogos sobre Igualdade Racial ASCOM SFI Wagner Fraga 4

Para o vice-prefeito, Raliston Souza, o tema precisa ser debatido constantemente, já que, “infelizmente, a discriminação e o preconceito ainda são muito visíveis em nossa sociedade”. Ele, que representou a prefeita Francimara Barbosa Lemos, destacou a importância do poder público municipal promover ações como essa.

A conversa foi conduzida pelo pesquisador e professor, Edinho Martins, que abordou o contexto histórico local relacionado à escravidão. Ele lembrou o fato de Manguinhos ter abrigado um porto para desembarque de navios negreiros e, o cemitério de escravos existente na localidade.

Também encabeçou o debate, a psicóloga do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), Milla Figueiredo. Como pesquisadora da área, ela citou políticas públicas criadas para o combate ao racismo e o papel da educação para mudar o contexto social.

Diálogos sobre Igualdade Racial ASCOM SFI Wagner Fraga 11

“Foi um momento muito produtivo. Na oportunidade, apresentei à população o que a prefeitura, por meio da SMTDH, tem atuado em prol da igualdade racial”, contou o secretário municipal de Trabalho e Desenvolvimento Humano, Fagner Azeredo. Ele lembrou que o órgão está estudando a criação do Departamento de Promoção dos Direitos Humanos e do Conselho de Igualdade Racial.

Recentemente, a assessora técnica da SMTDH, Nágila Coutinho, acompanhada de técnicas do órgão, visitou a Subsecretaria de Igualdade Racial de Campos dos Goytacazes. O objetivo foi conhecer a dinâmica de atuação e os projetos em executados.  

Um motorista de inicial H., de 21 anos, que estava alcoolizado, segundo o teste do bafômetro, foi detido por policiais da 3ª Cia do 8º BPM-Campos, depois de se envolver em um acidente de trânsito, deixando ferido um agente da Empresa Municipal de Trânsito (Emtransfi), órgão subordinado à Secretaria de Segurança, Ordem Pública e Defesa Civil (Sesep), que estava em serviço. A ocorrência aconteceu no final da tarde de sábado (19), na Rua Bahia, na Praia de Guaxindiba, em São Francisco de Itabapoana (SFI).

De acordo com o registro de ocorrência, o agente Serafim, 25 anos, pilotava uma MotoPatrulha da Emtransfi, atingida por um carro de cor azul, conduzido por H. No local, Serafim recebeu atendimento da equipe do Resgate Municipal, sendo posteriormente levado para o Hospital Municipal Manoel Carola (HMMC), em Ponto de Cacimbas, permanecendo internado em observação.

H., após ter admitido a ingestão de bebida alcoólica, foi conduzido pelos PMs para um Posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e submetido ao teste do bafômetro, que constatou 0,39mg de álcool por litro de ar expelido, ou seja, 0,09mg a mais do que o máximo permitido para não ser autuado em flagrante.

Diante das circunstâncias, o motorista foi levado para a Delegacia de Área no fim de semana, a 146ª Delegacia de Polícia Civil (DP-Guarus), em Campos, e autuado no artigo 306 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) - conduzir veículo automotor com capacidade psicomotora alterada em razão da influência de álcool ou de outra substância psicoativa que determine dependência, recebendo ainda multa, tendo também recolhida a carteira nacional de habilitação (CNH).

“Apesar de proibido pela legislação e de todas as campanhas de conscientização a respeito do perigo, ainda têm condutores que insistem em dirigir após a ingestão de bebida alcoólica. Álcool e direção não combinam, já que o motorista tem os reflexos reduzidos e perde a capacidade de dirigir, colocando em risco a própria vida e a de terceiros”, alertou o secretário da Sesep, subtenente Edson Brito.

FAF79636 8552 426A B428 8CCF86B2B894

O Balcão de Emprego de São Francisco de Itabapoana (SFI), órgão vinculado à Secretaria Municipal de Trabalho e Desenvolvimento Humano (SMTDH), está anunciando vagas de ajudante de cozinha, garçom e cozinheiro (a), além de subgerente de posto de combustíveis, vaga já anunciada e que ainda não foi preenchida. As oportunidades são para trabalhar no município.

As três vagas novas são para trabalhar em um restaurante, na Praia de Santa Clara. Já a vaga de subgerente é para a Rede América, em Imburi de Cacimbas. É preciso ter Ensino Superior, experiência em gestão de pessoas e vendas, liderança, proatividade (pessoa ativa empreendedora e enérgica) e conhecimento do Pacote Office.

O salário mensal é de R$ 2.476,99, além de bonificações e vale-alimentação, sendo a contração pelo Regime CLT (Consolidação das Leis do Trabalho). A jornada de trabalho é de 44 horas semanais, de segunda a sábado.

O contratado terá que gerenciar e administrar o posto de combustíveis de uma grande rede de postos; coordenar, treinar e motivar equipe, com foco no cumprimento de metas, fidelização e prospecção de clientes; promover o gerenciamento de estoque, gestão administrativa de documentação, processos e procedimentos, gestão financeira de recebimentos, conferência e conciliação de numerários e meios de pagamento.

Os interessados devem enviar currículo para o e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou ainda entregá-lo na sede da SMTDH, situada na Avenida Vereador Edenites da Silva Viana, nº 141, no Centro da cidade, de segunda a sexta-feira, exceto feriados e pontos facultativos, das 8h às 17h.

“Quem tiver vagas disponíveis de trabalho e desejar participar desta parceria de sucesso basta procurar a equipe no Balcão da SMTDH que nós divulgamos as oportunidades e ainda ficamos encarregados de receber os currículos dos candidatos”, orientou o secretário da pasta, Fagner Azeredo.

A Prefeitura de São Francisco de Itabapoana (SFI) deu continuidade ao projeto “Águas em Movimento”, realizado através das secretarias municipais de Educação e Cultura (SMEC) e de Meio Ambiente, em parceria com o Comitê de Bacia Hidrográfica do Baixo Paraíba do Sul e Itabapoana (CBH BPSI). A ação aconteceu na quinta-feira (17), na Escola Municipal Domingos Santos, na localidade de Ponto de Cacimbas, sendo mais uma etapa do prognóstico que subsidiará o Programa de Educação Ambiental da Região Hidrográfica IX.

A ideia do projeto é integrar os diversos atores regionais, com ênfase na Micro Bacia do Rio Guaxindiba, gerando conhecimento e fomentando a discussão em torno do uso sustentável e responsável dos recursos hídricos, acreditando que a educação ambiental é um componente essencial e permanente da educação nacional, devendo estar presente, de forma articulada, em todos os níveis e modalidades do processo educativo.

A secretária municipal de Meio Ambiente, Luciana Soffiati, ressaltou que o projeto foi idealizado para atuar em uma linha tênue, de maneira que seja possível trabalhar educação ambiental em seu eixo formal, como um processo institucionalizado que ocorre nas unidades de ensino, e de maneira informal com ações e práticas educativas voltadas à sensibilização da coletividade sobre as questões ambientais, sua organização e participação na defesa da qualidade do meio ambiente.

“Sabemos que pensar educação ambiental sem considerar as representações sociais, reflexões históricas, culturais e políticas é caminhar em direção ao fracasso das ações propostas, por isso, buscamos a gestão participativa, integrando os diversos atores presentes no território”, revelou a secretária.

Águas em Movimento ASCOM SFI Wagner Fraga 6

“É preciso conscientizar!”
O engenheiro ambiental da Sema, Jamilson Júnior, opinou que além de considerar as diferentes visões e percepções, além de uma gestão participativa e inclusiva na questão da educação ambiental, é preciso conscientizar.

“O verbo conscientizar tem estado muito presente quando o assunto é educação ambiental, mas me questiono com frequência: até onde é possível conscientizar outras pessoas? Gosto de acreditar que conscientização ambiental é transformar ou até criar senso crítico nas pessoas para que tenham o entendimento de que qualidade de vida está diretamente associada à redução de impactos ambientais e ao uso sustentável dos recursos naturais”, argumentou.

A diretoria do CBH-BPSI destacou que o objetivo do trabalho é evidenciar as particularidades das microbacias que nutrem a calha principal do Rio Paraíba do Sul na porção de seu último terço, e ao término, no final deste mês, terá percorrido sete municípios do Norte e Noroeste Fluminense.

Águas em Movimento ASCOM SFI Wagner Fraga 1

Estiveram presentes ainda a chefe de Gabinete Francilea Azeredo, representando a prefeita Francimara Barbosa Lemos; o secretário municipal de Educação e Cultura, Robson Santana; o subsecretário municipal de Meio Ambiente, Manoel Mendes; a diretoria do CBH BPSI: diretor-presidente Zenilson do Amaral Coutinho, diretor secretário João Gomes de Siqueira, e diretora administrativa Luiza Figueiredo Salles; a gestora da Estação Ecológica Estadual de Guaxindiba (EEEG), Vânia Coelho, além da representante da Cooperativa Catasol, Érica Borges.

A comunidade quilombola de Barrinha, em São Francisco de Itabapoana (SFI), recebeu no último sábado (19) o projeto “+ Consciência para fazer a diferença”. O evento integra a programação desenvolvida pela prefeitura em referência ao Dia da Consciência Negra, celebrado em 20 de novembro.

O vice-prefeito, Raliston Souza, participou das atividades e destacou que o governo municipal atua para preservar a memória e história locais. Representando a prefeita Francimara Barbosa Lemos, ele parabenizou a comunidade e o papel fundamental para a conservação das riquezas culturais.

projeto Consciência para fazer a diferença Divulgação SMEC 10

Entre as ações promovidas estão apresentações de capoeira e jongo e roda de conversa, guiada por Edinho Martins e outros dois professores de História, sobre as origens do quilombo. Houve ainda desfile da princesa de Barrinha, partida de futebol entre Chota e Guaxindiba e almoço com comidas típicas.

De acordo com o secretário municipal de Governo e Relações Institucionais, Jairo Batista, a atual gestão apoia constantemente a promoção das atividades culturais do quilombo, que acontecem há mais de 30 anos. “Neste ano, durante a roda de conversa ressaltou o papel da líder quilombola Lídia para preservar essa importante manifestação cultural”, relatou.

projeto Consciência para fazer a diferença Divulgação SMEC 2

Para o secretário municipal de Educação e Cultura, Robson Santana, a temática abordada pelo Dia da Consciência Negra deve ser pautada diariamente. “O Quilombo de Barrinha é exemplo de luta da valorização do afrodescendente na sociedade”, afirmou.

O evento contou ainda com apresentação do grupo Saideira e de Rogeirinho do Piseiro.  

Um dos eventos mais tradicionais do turismo religioso de São Francisco de Itabapoana (SFI), o "Deus É Show", reuniu dezenas de fiéis no último sábado (19), na Praça São Francisco de Paula, na área central. Nesta 19ª edição, a atração musical foi a banda "Novo Céu". 

Apoiado pela prefeitura, o evento começou com a Santa Missa, celebrada pelo pároco da Paróquia São Francisco de Paula, padre Luciano Gomes, que ressalta a proposta evangelizadora do "Deus É Show". O vigário, padre Fabrício Menengate, também participou. 

Após a celebração, os fieís participaram do show. Sucessos da música católica como "Força e Vitória", "Tudo Posso" e "Estou aqui" foram interpretados pela banda e acompanhados pelo público. O evento terminou com um momento de louvor e adoração com o Santíssimo Sacramento. 

Agentes e viaturas da Guarda Civil Municipal (GCM) e da Empresa Municipal de Trânsito (Emtransfi) atuaram ao redor da praça central para garantir a segurança no tráfego de veículos e pedestres. 

A 19ª edição do Deus É Show acontece neste sábado (19) em São Francisco de Itabapoana (SFI). A banda “Novo Céu” será a atração do tradicional evento católico, que acontece na Praça São Francisco de Paula, na área central.

Promovido pela Paróquia São Francisco de Paula, o evento conta com o apoio da prefeitura. De acordo com o pároco, padre Luciano Gomes, o “Deus É Show” tem “objetivo evangelizador”.

“Nós queremos, de alguma forma, reavivar o desejo dos fiéis em participar da atividade da igreja em que cada um frequente, não somente a Igreja Católica. Nós contamos com a participação de todos os paroquianos, como também esperamos os visitantes”, afirmou o sacerdote. Ele também destacou a importância de integrar “religião e as atividades do poder público”.

A programação começará às 18h com a celebração da Santa Missa, que será seguida da apresentação musical. De acordo com a paróquia, um momento de adoração ao Santíssimo Sacramento encerrará o evento.  

Após denúncias anônimas, 34 aves foram apreendidas na localidade de Morro do Bode, em São Francisco de Itabapoana (SFI). Entre os animais encontrados durante a operação conjunta, que recebeu o nome de "Pássaro Livre", está um papagaio-chauá, espécie ameaçada de extinção.

A ação aconteceu no último dia 10 e reuniu agentes da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Sema), Guarda Ambiental (GAM) e Estação Ecológica Estadual de Guaxindiba (EEEG).

De acordo com a secretária municipal de Meio Ambiente, Luciana Soffiati, os animais foram encontrados em duas residências, sendo que algumas aves estavam em situação de maus tratos. Nos locais, foram apreendidas 36 gaiolas e cinco armadilhas.

“Todas as espécies encontradas são oriundas da Mata Atlântica. Além do papagaio-chauá, encontramos 15 coleiros e quatro caboclinhos. Todos foram soltos nos seus habitats naturais”, explicou. Ela informou que duas pessoas foram notificadas.

Soffiati destacou que a população deve denunciar situações como essa, pois contribuem para garantir a preservação da biodiversidade brasileira. O contato é através do telefone da GAM: (22) 9.8161-6713. O serviço está disponível durante todos os dias da semana, 24h por dia.

Apreensão de 34 aves Divulgação SEMA SFI 1

 

A Secretaria Municipal do Trabalho e Desenvolvimento Humano (SMTDH) de São Francisco de Itabapoana (SFI) está com inscrições abertas para a Guarda Mirim Municipal (GMM) até o próximo dia 2 de dezembro. O programa é executado através de parceria com a Guarda Civil Municipal (GCM), órgão subordinado à Secretaria de Segurança, Ordem Pública e Defesa Civil (Sesep). As vagas são limitadas e cada guarda mirim receberá uma bolsa-auxílio no valor de R$ 100 durante seis meses.

Segundo a diretora do Departamento da Juventude (DJUV), órgão vinculado à SMTDH, Ana Paula Ribeiro, no total serão 50 vagas para adolescentes com idade entre 14 e 18 anos incompletos, obrigatoriamente matriculados no ensino regular e moradores de SFI.

Para realizar a inscrição é preciso levar cópias de RG, CPF, NIS (Número de Identificação Social), comprovantes de residência e de escolaridade do candidato, além de cópias do RG, CPF e NIS do responsável. Os interessados devem comparecer à SMTDH, situada na Avenida Vereador Edenites da Silva Viana, 141, no Centro da cidade, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

Na segunda etapa serão avaliados, por intermédio de questionário socioeconômico, os jovens que tenham o perfil para atuarem no programa, através de análise da equipe técnica da SMTDH. O processo seletivo ocorrerá em dezembro e no mês de janeiro de 2023 terão início as aulas teóricas.

“O programa tem como principais objetivos a promoção da formação humana, capacitação profissional e inserção no mercado de trabalho, além do fortalecimento do vínculo pessoal, familiar, comunitário e social”, ressaltou o secretário municipal do Trabalho e Desenvolvimento Humano, Fagner Azeredo.

A Secretaria Municipal de Trabalho e Desenvolvimento Humano (SMTDH) de São Francisco de Itabapoana (SFI) vai realizar o plantão de atendimento gratuito de consultoria do Sebrae-RJ no próximo dia 25. Os microempresários do município interessados em participar devem fazer o agendamento prévio através do número de WhatsApp (22) 99906-4243.

O atendimento acontecerá na sede da SMTDH, situada na Avenida Vereador Edenites da Silva Viana, 141, no Centro da cidade. A analista do Sebrae Jéssica Rangel prestará orientação especializada em finanças, marketing, inovação, legislação, gestão de pessoas, entre outras.

A SMTDH já presta o serviço de legalização de MEI (microempreendedor individual), emissão de Declaração Anual, emissão de boletos DAS (Documento de Arrecadação do Simples), baixa no CNPJ (Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica), parcelamento e consultoria especializada aos microempreendedores.