Ascom SFI

Ascom SFI

Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal de São Francisco do Itabapoana.
Responsável: Diego Gomes Santos

O Balcão de Emprego de São Francisco de Itabapoana (SFI), órgão vinculado à Secretaria Municipal de Trabalho e Desenvolvimento Humano (SMTDH), está com cinco vagas para vendedoras externas. As oportunidades são para trabalhar na Multiclínica Mais Saúde.

Não é necessário ter experiência na profissão, já que a empresa vai oferecer treinamento de capacitação. A contratação será com carteira assinada. As candidatas devem enviar currículo para o e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou ainda entregá-lo na sede da SMTDH, situada na Avenida Vereador Edenites da Silva Viana, nº 87, no Centro da cidade, das 8h às 17h, de segunda a sexta-feira.

“Estamos fechando a semana com mais cinco oportunidades anunciadas pelo Balcão de Emprego. Os moradores do município que estão procurando uma colocação ou recolocação no mercado de trabalho devem sempre acompanhar o site e as redes sociais da prefeitura e da SMTDH para tomarem conhecimento das novas vagas que surgirem”, orientou o secretário da pasta, Fagner Azeredo.

O 1º Encontro Municipal dos Fazedores de Cultura de São Francisco de Itabapoana (SFI), realizado no último sábado (18), marcou o início do cadastramento dos artistas e espaços culturais locais. O evento aconteceu na Câmara Municipal e foi organizado pela prefeitura por intermédio da Secretaria Municipal de Educação e Cultura (Smec).

“Foi um sucesso. Superando nossas expectativas, tivemos quase 70 inscrições e uma ótima receptividade de todos os presentes. Muitos destacaram que é a primeira vez que a municipalidade realiza uma mobilização desta forma, o que evidencia o olhar diferenciado da prefeita Francimara Barbosa Lemos. Através de determinação dela, vamos fazer a cultura acontecer em SFI”, pontuou o secretário municipal de Educação e Cultura, Robson Santana.

Vereadores e assessores também estavam presentes no encontro, que começou com uma apresentação de músicos locais. Os assessores técnicos da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa (Secec), Adenilson Honorato e Cláudia Viana, detalharam os próximos editais que serão lançados para o setor.

Através da Lei Aldir Blanc e de recursos obtidos por meio do Governo Federal, a prefeitura também lançará um edital de fomento a cultura. O diretor do Departamento de Cultura (DPAC), Carlos Salvador Júnior, explicou que maiores detalhes serão divulgados em breve.

“Mapear os fazedores de cultura vai facilitar o acesso a esses benefícios, uma vez que vamos promover o acesso ao suporte técnico para que todos possam participar dos editais. Além disso, é um meio de aprimorar o direcionamento das políticas públicas da área”, afirmou.

O cadastro prossegue até o próximo dia 30 no Dpac, localizado ao lado da sede da Smec, na área central. O funcionamento é de segunda a sexta-feira, entre 8h e 17h.

De acordo com dados divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de São Francisco de Itabapoana nesta segunda-feira (20), o município conta com 3.496 casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19). Em investigação são 632. Já os descartados somam 6.080.

Ainda segundo os dados da SMS, entre os casos confirmados, 3.351 estão recuperados. Até o momento foram registrados 97 óbitos pela doença. 

Outra taxa informada pela SMS é a de ocupação. Dos 20 leitos clínicos, quatro estão ocupados. Já os leitos com suporte de ventilação não registram ocupação.

Atualmente, SFI está com taxa de recuperação em 95,57%, ligeiramente maior que a média nacional (95,54%). Já a taxa de letalidade está em 2,77%, enquanto que a do Estado do Rio de Janeiro é de 5,12%.

Conforme atualização da Secretaria de Estado de Saúde (SES), o Norte Fluminense está no risco baixo no Mapa de Risco da Covid-19.

Os materiais para análise dos casos suspeitos são encaminhados ao Laboratório Central (LACEN/RJ), seguindo rigorosamente os protocolos de coleta, armazenamento e envio do Ministério da Saúde.

O projeto "Janelas para o Amanhã", da Petrobras, iniciou na quinta-feira (16) a distribuição dos computadores recondicionados para 16 escolas da rede municipal de ensino de São Francisco de Itabapoana (SFI). A iniciativa vai promover também a capacitação dos professores do Ensino Fundamental da Secretaria Municipal de Educação e Cultura (SMEC) objetivando aprimorar o uso da tecnologia digital na prática pedagógica.

“A entrega dos equipamentos é a primeira etapa do ‘Janelas para o Amanhã’, inclusão digital que possibilitará aos profissionais a diversificação de metodologias e didáticas. Em média, cada escola selecionada pelo projeto está recebendo 20 computadores, que serão utilizados para o treinamento em tecnologia da informação, curso com início previsto para o segundo semestre, a partir deste mês”, revelou o secretário municipal de Educação e Cultura, Robson Santana, acrescentando que a coordenação do projeto no município está a cargo do diretor do Departamento de Gestão e Projetos da SMEC, Valnes Soares, e da articuladora do Programa PDDE e Educação Conectada, Cintia Dib.  
 
Para Valnes, o projeto apresenta uma importância fundamental para seus usuários, sendo um meio de ampliar o acesso digital e reduzir as desigualdade sociais, permitindo aos educandos o acesso a uma gama de conteúdos, o que facilitará sua aprendizagem de forma simples e dinâmica. 
 
"Dentre os fatores mais  relevantes, podemos citar a capacitação de discentes e docentes, além de permitir o desenvolvimento da linguagem e da comunicação, viabilizando o desenvolvimento da autoestima e de novas habilidades de forma interativa e estimulante. Toda comunidade escolar terá instrumentos tecnológicos para o desenvolvimento pleno de sua clientela", opinou.
 
A Petrobras informou que em dois anos serão investidos aproximadamente R$ 2,5 milhões (sem contabilizar os computadores) na formação em tecnologia da informação de alunos e professores de escolas públicas de três estados: Rio de Janeiro, Espírito Santo e São Paulo. A capacitação ficará por conta da Recode, organização da sociedade civil que utiliza a informática como mecanismo de inclusão e empoderamento digital de comunidades vulneráveis. 
 
A prefeita Francimara Barbosa Lemos destacou a importância da doação dos computadores para o município. “Agrademos mais uma vez à Petrobras pela iniciativa. A inclusão digital é fundamental para o aprendizado dos alunos, além de ampliar as possibilidades de inclusão no mercado de trabalho quando as nossas crianças e adolescentes atingirem a idade adulta”, ressaltou a prefeita.
Escolas contempladas pelo projeto em SFI 
 
E. M. Abelino José de Souza – Batelão de Barra
E. M. Aníbal Abreu Viana – Buena
E. M. Arício Leite Linhares – Coreia
E. M. Décio Machado – Barra do Itabapoana
E. M. Dirceu Dias da Silva – Guaxindiba
E. M. Domingos Santos – Ponto de Cacimbas
E. M. Ilda Muylaert de Machado – Brejo Grande
E. M. João Batista de Almeida – Sossego
E. M. João Paes Viana – Aroeira
E. M. Júlio Pereira de Miranda – Bom Jardim
E. M. Herval Luiz dos Santos Batista – Centro
E. M. Manoelina de Souza Rodrigues – Travessão de Barra
E. M. Miguel Nunes Barbosa – Estreito
E. M. Professora Dalria Maria G. Macedo Gonçalves – Gargaú
E. M. Saleno Simão – Bom Lugar
E. M. Victor Sarlo – Amontado
 

São Francisco de Itabapoana (SFI) esteve representado durante a consulta pública Diálogos Sustentáveis, promovida pela Secretaria de Estado do Ambiente e Sustentabilidade (Seas). O evento aconteceu na quinta-feira (16), no Cine Teatro São João, em São João da Barra (SJB), e objetivou receber as demandas dos municípios da região a respeito do ICMS Ecológico.

“A consulta pública foi de suma importância. Representantes da Seas e do Inea (Instituto Estadual do Ambiente) estiveram presentes dando a oportunidade aos secretários municipais da região de se pronunciarem, apresentando sugestões para aperfeiçoar o sistema de pontuação do ICMS Ecológico. Existe uma tabela única para todos cumprirem critérios ambientais, mas cada município tem a sua individualidade, que precisa ser levada em consideração”, ressaltou a secretária municipal de Meio Ambiente, Luciana Soffiati, que representou SFI, ao lado dos engenheiros ambientais da Sema Nilson Coutinho e Jamilson Júnior.
 
Uma das propostas sugeridas no evento seria acrescentar, entre os critérios ambientais de pontuação para ter direito ao repasse, as cidades integrantes de algum Conselho Regional. “O nosso município, por exemplo, sendo membro do Cosemma (Conselho de Secretários Municipais de Meio Ambiente do Norte e Noroeste Fluminense), já garantiria o cumprimento de pelo menos uma meta, se habilitando ao recebimento de ICMS Ecológico todos os anos”, destacou Luciana, acrescentando que, em 2022, SFI vai receber mais de R$ 300 mil de repasse do imposto verde.  
 
A consulta pública contou ainda com as presenças da prefeita anfitriã, Carla Machado, do subsecretário estadual de Saneamento Ambiental, Sérgio Mantovani, do superintende de Conservação de Biodiversidade e Mudanças Climáticas, Leandro Gomes, do coordenador do ICMS Ecológico da Seas, Emiliano Reais, além de representantes de Campos dos Goytacazes, Carapebus, Conceição de Macabu e Italva.
 

A Prefeitura de São Francisco de Itabapoana (SFI), por intermédio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Sema), deu início na quinta-feira (16) ao plantio de mudas nativas das espécies Algodão da Praia, Angico Vermelho, Cutieira, Ipê Roxo, Ipê Verde, Rosedá e Sibipiruna. A ação, que faz parte da comemoração pelo Dia da Árvore celebrado na próxima terça-feira (21), começou pela localidade de Barra do Itabapoana. 

“Nossa equipe, com a presença do subsecretário da pasta, Manoel Mendes, esteve no trevo e na Praça da Igreja de Barra. Lá foram plantadas mudas de Algodão da Praia e Rosedá, que podem atingir até seis metros de altura. Nesta sexta-feira (17), o serviço aconteceu na Lagoa do Comércio, em Gargaú, onde além da Algodão da Praia, plantamos também Sibipiruna, que atinge de 8 a 16 metros de altura”, revelou a secretária municipal de Meio Ambiente, Luciana Soffiati.
 
De acordo com o cronograma, na próxima semana o plantio será no Centro da cidade: na segunda-feira (20), no entorno do prédio da 3ª Companhia de Polícia Militar (PM) e da Rodoviária Municipal, e na terça-feira (21), na área do Complexo Cultural e da 147ª Delegacia de Polícia Civil. 
 
As mudas nativas são oriundas do Horto Florestal Estadual de São Sebastião do Alto, na Região Serrana Fluminense, tendo sido doadas à Sema no mês passado, após solicitação ao Instituto Estadual do Ambiente (Inea).
 
 

Após período de suspensão devido a pandemia do novo coronavírus (Covid-19), a Prefeitura de São Francisco de Itabapoana (SFI) retomou nesta sexta-feira (19) a entrega de próteses dentárias do projeto “Sorriso e Vida”, no Centro de Convivência da Terceira Idade Nágme Jorge Abílio.

 
“Mensalmente, vamos atender gratuitamente 20 pacientes. Nesta primeira entrega, foram 29 próteses, pois a assistência ocorre de acordo com a demanda de cada um. Alguns receberam próteses superior e inferior. Desta forma, seguindo o que determina a prefeita Francimara Barbosa Lemos, estamos atuando para garantir maior qualidade de vida para os nossos idosos”, explicou a coordenadora do Departamento de Odontologia (DO), Karina Abdu.
 
O secretário municipal de Trabalho e Desenvolvimento Humano, Fagner Azeredo, destacou a parceria com o DO e o Centro Universitário Fluminense (Uniflu). Na próxima semana, mais um grupo de idosos do Centro de Convivência inicia o processo de moldagem coordenado pelo cirurgião-dentista Marcos Menezes, que é professor no Uniflu.
 

A coordenadora do Programa de Proteção e Defesa do Consumidor de São Francisco de Itabapoana (Procon-SFI), Gilda Quintanilha, participou nesta quinta-feira (16) de reunião na sede do Procon do Estado do Rio de Janeiro (Procon-RJ), na capital fluminense.

 
“Fiquei encantada com a estrutura ampla do órgão. Fui bem recepcionada por todos os diretores de departamento. Saímos fortalecidos com a abertura de um canal de diálogo que propiciará suporte e futuras parcerias. Certamente muitas novidades virão para os consumidores são franciscanos, seguindo o que orienta a prefeita Francimara Barbosa Lemos”, afirmou. 
 
Durante a visita, o diretor-presidente do Procon-RJ, Cássio Coelho, destacou a importância de fortalecer os órgãos a nível municipal. Ele recepcionou os representantes de diversos municípios fluminenses. “Com essa visita, vocês entenderam como funciona nossa dinâmica de trabalho para que possam  levar este modelo para os seus municípios”, disse. 
 
O Procon-SFI funciona na sede da prefeitura, de segunda a sexta-feira, entre 8h e 17h. Denúncias são recebidas presencialmente ou através do telefone 22 2789-1717. O órgão faz diligências constantes em prol dos direitos do consumidor. Na última semana, notificou postos de combustíveis devido a aumento excessivo de preço e solicitou explicações à agência local dos Correios sobre diversos aspectos envolvendo atraso na entrega e qualidade do atendimento.  Supermercados também foram vistoriados depois de reclamações sobre preços elevados.
 

São Francisco de Itabapoana (SFI) marcou presença no lançamento do Programa Casa da Gente, do Governo do Estado, que prevê a construção de 50 mil unidades habitacionais nos próximos cinco anos, além de reformas de conjuntos habitacionais, melhorias em imóveis de áreas de vulnerabilidade social e assistência técnica para famílias de comunidades. A solenidade, que contou com a participação do governador Cláudio Castro, aconteceu nesta quinta-feira (16), no Palácio Guanabara, na capital fluminense. Os investimentos somam R$ 6,5 bilhões, sendo que a Região Norte Fluminense será contemplada com 630 casas. 

 
O secretário municipal de Planejamento e Desenvolvimento, Florentino Cerqueira (Tininho), e o subsecretário municipal de Trabalho e Desenvolvimento Humano, Luiz César da Silva Cerqueira (Sorriso), representaram a prefeita Francimara Barbosa Lemos no evento. 
 
“A equipe do Planejamento vai fazer um levantamento de todas as melhorias que necessitam ser realizadas no conjunto habitacional popular de Barra do Itabapoana, que tem 50 moradias. Vamos também elaborar um projeto para a construção de casas populares, com base no cadastro de moradores em vulnerabilidade social da Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Humano, objetivando que o nosso município seja contemplado no programa”, revelou Tininho.
 
O Governo do Estado estima que até o fim de 2022, 10 mil unidades sejam contratadas e que mais da metade tenha obras iniciadas. Cada imóvel terá área mínima de 45m² e máxima de 50m², com dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço, podendo ser adaptável para pessoas com deficiência. Serão beneficiadas famílias com renda de até R$ 2 mil e que se enquadrem em critérios estabelecidos nas diretrizes sociais.
 
“Agradecemos por mais uma parceria que será celebrada com o Estado. O governador Cláudio Castro tem um olhar diferenciado para o interior e nós estamos gratos por esta maneira sensível de administrar, com investimentos para todos os 92 municípios fluminenses, em especial, os direcionados a nossa querida cidade de SFI”, destacou Francimara. 
 
 

A Secretaria Municipal de Educação e Cultura (SMEC) de São Francisco de Itabapoana (SFI) está com inscrições abertas para a Educação de Jovens e Adultos (EJA), na Escola Municipal (E.M.) Décio Machado, em Barra do Itabapoana. São 60 vagas disponíveis para as fases VIII e IX e o prazo vai até esta sexta-feira (17).

O responsável legal ou aluno maior de 18 anos deve levar toda a documentação exigida (confira a relação no final da matéria). “Os interessados precisam ter 15 anos ou mais e devem se inscrever na própria unidade de ensino, no período das 8h às 16h. As aulas acontecerão de forma remota (online), todos os dias da semana, por meio de apostilas e orientação dos professores nos grupos de WhatsApp”, revelou o secretário da pasta, Robson Santana, acrescentando que as vagas também são destinadas às localidades vizinhas de Barra.
 
A coordenadora da EJA na SMEC, Amanda Passalini, explicou que as fases VIII e IX correspondem às etapas finais do Ensino Fundamental II. “O aluno irá concluir o segundo ciclo do Ensino Fundamental, com a possibilidade de verticalização do ensino, uma vez que já estarão frequentando o espaço de uma escola do Estado, que oferta o Ensino Médio. Em Barra do Itabapoana estamos ocupando o espaço físico da Escola Estadual Ana Nunes, por meio de uma parceria de compartilhamento com a Secretaria de Estado de Educação”. 
 
Amanda Passalini ressaltou que a “EJA é de grande importância para os munícipes, pois desenvolve no aluno novas habilidades, forma cidadãos críticos, questionadores e conhecedores de seus direitos e deveres, além de um sujeito pleno e apto para exercer seu papel na sociedade”.
 
A prefeita Francimara Barbosa Lemos parabenizou a SMEC pelos investimentos. “Estamos avançando na educação de jovens e adultos. Além de Barra, a EJA está presente em SFI também na localidade de Volta Redonda, na E.M. Macarino Rosa de Moraes, e no Centro da cidade, na Escola Modelo (E.M. Herval Luiz dos Santos Batista). Nosso objetivo é ampliar cada vez mais a oportunidade de aprendizado para os moradores do município”. 
 
Documentação necessária para a matrícula na EJA 
certidão de nascimento ou de casamento;
original e cópia do RG;
original e cópia do CPF;
1 (uma) foto 3×4 recente;
cópia do comprovante de residência;
declaração de escolaridade;
histórico escolar;
comprovante do grupo sanguíneo; 
original e cópia do CPF do responsável legal.